Garota interrompida

2150 palavras 9 páginas
1. História de Vida No filme Garota Interrompida (1999), Susanna Kaysen, é uma garota que morava com os pais, a qual se encontra em uma faixa etária entre 19 e 21 anos. Susanna ingressa ao hospital por ter ingerido um vidro completo de aspirinas com uma garrafa de vodca. Além disso, apresenta sinais de auto mutilaçao no pulso, afirmando estar sem ossos na mão.
Após esse fato, Susanna é encaminhada a um psicólogo com a ajuda do pai, e em terapia, apresenta lapsos de memória e comportamentos característicos de depressão. Dessa forma, o psicologo sugere que ela passe por um período em um hospital psiquiátrico
“descansando”. Antes de se habituar ao contexto do hospital psiquiátrico, ela apresentava comportamentos anti­sociais, isolamento e um certo desconforto ao se deparar com a dinâmica e o ambiente hospitalar. Nota­se que Susanna não possuía muitos amigos, pois todos a consideravam estranha, e nem muitos interesses, uma vez que não tinha muitos planos para sua vida. Além de ter sido propocionado o entendimento de uma característica promíscua, tendo em vista o contexto socialmente inaceitável que suas relações sexuais se deram, por exemplo, seu envolvimento com um professor casado.

Com seu internamento no hospital psiquiátrico, Susanna inicia um processo terapêutico, mostrando­se sempe resistente as

Relacionados

  • Garota interrompida
    2213 palavras | 9 páginas
  • ISCA44 Goffman Foucault E Garota Interrompida
    2704 palavras | 11 páginas
  • diagnostico psicologico do filme garota interrompida
    1264 palavras | 6 páginas
  • Resumo Estamira
    1252 palavras | 6 páginas
  • Animes e Mangás
    2231 palavras | 9 páginas
  • 241120315 Manual Legendagem Drei Marc
    3922 palavras | 16 páginas
  • Coleção de nariz
    3596 palavras | 15 páginas
  • Resenha do filme a corrente do bem
    1112 palavras | 5 páginas