Geologia regional

4825 palavras 20 páginas
GEOLOGIA REGIONAL

A estratigrafia estabelecida para a região em estudo é alvo de muitas discussões entre pesquisadores. Desde que Leo et al. (1964) estabeleceram a primeira coluna estratigráfica para a Serra de Jacobina, tem proliferado uma série de cartas geológicas e de modelos geodinâmicos/metalogenéticos para a geologia da região. Por ser uma região de evolução tectônica complexa, a grande quantidade de publicações existentes contém as mais variadas contradições de ordem temática e geocientífica.
Os componentes litológicos foram organizados nas seguintes unidades litoestratigráficas: Arqueano a Paleoproterozóico – Complexo Mairi, Complexo Saúde,
Greenstone Belt de Mundo Novo, Complexo Itapicuru, Grupo Jacobina e granitos intrusivos; Meso a Neoproterozóico – Grupo Chapada Diamantina, e Grupo Una; e
Coberturas Tercio-Quaternárias – Formações Superficiais. A figura 2 mostra a coluna estratigráfica regional e a figura 3 o mapa geológico simplificado da região.

ARQUEANO A PALEOPROTEROZÓICO Complexo Mairi
O Complexo Mairi (Loureiro, 1991) designa um fragmento cratônico arqueano, que compreende uma associação bimodal onde os termos félsicos têm composição tonalito-trondhjemito-granodiorítica (TTG) e os termos máficos são diorito-gabróicos, estando o conjunto metamorfizado na fácies anfibolito alto e exibindo estruturas migmatíticas. Designa uma associação ortognáissica bimodal, de idade supostamente
26 arqueana. No projeto Folha de Jacobina (Couto et.

Relacionados

  • Geologia
    4282 palavras | 18 páginas
  • Geologia Regional da chapada diamantina
    3083 palavras | 13 páginas
  • Geologia ambiental
    1152 palavras | 5 páginas
  • Geologia
    943 palavras | 4 páginas
  • geologia
    2705 palavras | 11 páginas
  • Geologia
    1098 palavras | 5 páginas
  • geologia
    1428 palavras | 6 páginas
  • GEOLOGIA
    1221 palavras | 5 páginas
  • geologia
    1602 palavras | 7 páginas
  • geologia
    1926 palavras | 8 páginas