Georg cantor

2967 palavras 12 páginas
GEORG CANTOR
O matemático e sua teoria

ALAN FAGNER B.
MICHEL WALZ
RAFAEL LUIS C.
Professor Orientador: Débora da Silva
Faculdade Metropolitana de Guaramirim – FAMEG - UNIASSELVI
Curso (TURMA) – Engenharia de Produção 1.1 – Metodologia do Trabalho Acadêmico
20/11/2012

RESUMO

George Cantor foi o Matemático que tornou a teoria de conjuntos o principal objeto matemático. Seus trabalhos entre 1873 e 1897, em séries trigonométricas, levaram ao estudo das propriedades dos conjuntos. Suas idéias começaram a ser aceitas a partir de 1890. A teoria de Cantor trata dos números de forma infinita e a utilização do método diagonal para a demonstração de enumeráveis e não enumeráveis, além de ter denominado a letra R para a representação dos conjuntos reais. Na análise efetuada por parte de livros e em sua maioria via internet, verificamos que a vida de Georg foi muito agitada devido ao prematuro envio do mesmo para cursar em escolas da época, desde a engenharia a matéria que mais gostava que era a matemática, além disto, a sua teoria lhe causou de certa forma um grande estresse que o levou a ser internado com diagnóstico de louco, na maioria pelas longas brigas e discussões com seu ex professor Weierstrass, mas apesar desta vida muito conturbada, deixou de herança uma das teorias mais importantes para os estudos dos números de hoje em dia, a teoria dos conjuntos.

Palavras-chave: Teoria dos conjuntos. Georg Cantor. Os infinitos de Cantor.

1 INTRODUÇÃO

O

Relacionados

  • As Invenções Italianas
    5092 palavras | 21 páginas
  • A Lista Exercicios3
    3904 palavras | 16 páginas
  • Exegese Do Salmo 23 Pastoreio E Hospitalidade Do Senhor
    8466 palavras | 34 páginas
  • A teoria da anomia de Robert K. Merton
    10050 palavras | 41 páginas