Goiabada de são bartolomeu/mg – patrimônio imaterial de ouro preto

3267 palavras 14 páginas
SUMÁRIO

1. Introdução ----------------------------------------------------------------- página 5
2. Histórico do Distrito de São Bartolomeu ---------------------------- página 5
3. Produção da Goiabada ------------------------------------------------- página 7
3.1. Festa da Goiaba ---------------------------------------------- página 9
4. Goiabada – Patrimônio Imaterial de São Bartolomeu -------- página 9 4.1. A trajetória da política do Patrimônio Imaterial ------ página 10
5. Referências bibliográficas --------------------------------------------- página 13
6. Anexos --------------------------------------------------------------------- página 14
6.1. Entrevista I ----------------------------------------------------- página 14
…exibir mais conteúdo…
Esses doces caseiros são hoje uma referência da culinária local, além disso, a goiabada de São Bartolomeu é registrada como Patrimônio Imaterial de Ouro Preto.
Em meados de abril acontece a Festa da Goiaba, momento em que a comunidade celebra o plantio e a colheita da fruta. No mês de agosto os moradores da região revivem as tradições do ciclo do ouro com as comemorações da Festa do Padroeiro e a Folia do Divino.
O visitante que chega a São Bartolomeu tem a impressão de voltar no tempo ao se deparar com casinhas enfileiradas, a igreja no centro da praça, o rio das Velhas, e uma exuberante natureza.

3. PRODUÇÃO DA GOIABADA EM SÃO BARTOLOMEU

A produção de doces do distrito tem registro de pelo menos dois séculos, quando teve início a produção da marmelada. Os produtos eram comercializados principalmente em Ouro Preto, mas já ganhavam espaço também além dos limites de Vila Rica: “(...) e não somente vendem essas caixas [de doces] em Vila Rica e seus arredores, mas ainda fazem remessas ao Rio de Janeiro” (HILAIRE, 1974, p.83). Existem ainda alguns documentos que mencionam a exportação dos doces a outros países, talvez por esse motivo os doces iam para o Rio de Janeiro, pois de lá embarcavam para outros territórios.
Os doces de marmelo foram produzidos em São Bartolomeu até meados do século XX, quando a fruta começou a se extinguir. Alguns produtores ainda tentaram fazê-los com

Relacionados

  • Cidades Coloniais ( Ouro Preto - MG e Goiás Velho - GO )
    5381 palavras | 22 páginas
  • Ciclo de ouro
    2485 palavras | 10 páginas
  • patrimonio imaterial - congo de roda d'água
    1341 palavras | 6 páginas
  • Questionario de Patrimonio
    2790 palavras | 12 páginas
  • Relação empresas de vigilante mg
    1489 palavras | 6 páginas
  • Grande Hotel de Ouro Preto
    2172 palavras | 9 páginas
  • PATRIMONIO HISTORICO DE GOIANIA
    7372 palavras | 30 páginas
  • William Bartolomeu De Medeiros
    1567 palavras | 7 páginas
  • Patrimonio Cultural Imaterial
    9574 palavras | 39 páginas
  • Ouro Preto religiosidade
    359 palavras | 2 páginas