Gordura Visceral, Subcutânea ou Intramuscular

7221 palavras 29 páginas
revisão
Helen H.M. Hermsdorff
Josefina B.R. Monteiro

Gordura Visceral, Subcutânea ou
Intramuscular: Onde Está o Problema?
RESUMO
O tecido adiposo é um órgão dinâmico que secreta vários fatores, denominados adipocinas. Eles estão relacionados, direta ou indiretamente, em processos que contribuem na aterosclerose, hipertensão arterial, resistência insulínica e diabetes tipo 2, dislipidemias, ou seja, representam o elo entre adiposidade, síndrome metabólica e doenças cardiovasculares. Na obesidade, os depósitos de gordura corporal estão aumentados, apresentando conseqüente elevação na expressão e secreção das adipocinas, proporcionalmente ao maior volume das células adiposas. Os diferentes depósitos de gordura, a
saber:
…exibir mais conteúdo…
Outras adipocinas como leptina e ASP são expressas em maior quantidade no
TAS tanto abdominal como glúteo-femural (2,14), provavelmente por diferenças fisiológicas entre os adipócitos do TAS e tecido adiposo abdominal (TAA).
Além dos depósitos de tecido adiposo abdominal e subcutâneo, o depósito de gordura intramuscular tem sido associado à presença de RI em ratos obesos e humanos obesos DM2 e não DM2, hiperinsulinêmicos, mas os mecanismos ainda não estão bem estabelecidos (15-18).
O presente trabalho visa discutir sobre o papel endócrino e metabólico de cada compartimento do tecido adiposo, de modo a avaliar a contribuição dos mesmos nas complicações inerentes à obesidade.

PAPEL ENDÓCRINO DO TECIDO ADIPOSO
Os adipócitos, além de importante função como reservatório energético corporal, secretam inúmeros compostos protéicos e não protéicos que agem sobre os próprios adipócitos e outros tecidos do organismo.
Desta forma, estes fatores modulam o comportamento funcional do tecido adiposo e outros, ao mesmo tempo que cria mecanismos de feedback entre eles.
TNF-α
O TNF-α é uma citocina que age diretamente no adipócito, promovendo indução de apoptose, inibição da lipogênese, via inibição da expressão da

Relacionados

  • Análise farmacocinética das diferentes vias de administração do Diazepam
    3126 palavras | 13 páginas
  • Alcalóides- farmacognosia
    3956 palavras | 16 páginas
  • Antivirais
    15469 palavras | 62 páginas
  • Bulario
    13546 palavras | 55 páginas
  • Patologias humanas causadas por vírus, bactérias e protozoários
    19453 palavras | 78 páginas