“Guerra de Preços”

2263 palavras 10 páginas
Módulo: “2” Atividade: atividade individual
Título: “Guerra de Preços”
Aluno:
Disciplina: Formação e Gestão de Preços - Grad 2014.1 - T01 - Abril 2014 - DF_PR_RJ Turma: GRFGEAD_T0010_0414
Introdução
Muitas empresas se orientam pela participação de mercado apurada com base no faturamento ou na quantidade de unidades vendidas. Diante disso, aplaudem qualquer crescimento das vendas. Mas como conseguem vender mais? Cortando preços. Esquecem-se de que a manobra costuma arruinar a margem de lucro e pôr em risco o futuro do negócio. Com a busca de maior fatia de mercado, bom seria que esta busca se desde por meios de resultado de inovação e um bom desempenho, não redução dos lucros.
Como as guerras de preços costumam começar?
Geralmente uma empresa começa a cortar preços para se desfazer de um grande estoque ou ganhar mercado para aproveitar mais sua capacidade de produção e distribuição. Como a concorrência responde? Com outro corte de preços. Depois que o processo começa, é muito difícil conseguir voltar a praticar os preços anteriores.
A variação de preço da concorrência gera uma resposta quase automática do empresário. Se o preço dos produtos do concorrente sobe e desce, parece intuitivo, como um instinto, que o empresário abaixe e aumente o seu preço também. É um reflexo para se igualar ao mercado, mas pode não ser a melhor opção.
O empreendimento funcionando, o seu concorrente, baixa os preços dos produtos e anuncia uma grande redução. O que você faz para

Relacionados

  • Estrategia de fixação de preços
    3074 palavras | 13 páginas
  • FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA
    3175 palavras | 13 páginas
  • Formação de preço de venda
    3926 palavras | 16 páginas
  • Formação de preço de venda
    1398 palavras | 6 páginas
  • formação de preços de venda
    947 palavras | 4 páginas
  • Formação de Preços no Capitalismo
    3176 palavras | 13 páginas
  • Formaçao de preços de vendas
    1130 palavras | 5 páginas
  • Custo e Formação de Preço
    841 palavras | 4 páginas