Guia para seminário - saúde publica

1875 palavras 8 páginas
FICHAMENTO E GUIA PARA SEMINÁRIO

REFERÊNCIA:
CAMARGO JR, Kenneth Rochel de. As Armadilhas da “Concepção Positiva de Saúde”. PHYSIS: Rev. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, vol. 76, n.1, p.63-76, 2007.

1) Qual o objetivo do texto? (1ponto)

O autor vai questionar a classificação e o uso da “definição positiva” de saúde. Salientando que apenas o termo utilizado não resolveria os problemas que se apresentam, principalmente a questão do reducionismo e da reificação.
Em contrapartida, vai propor uma concepção mais heterogênea, descrevendo o processo de definição e identificação dos problemas de saúde como uma negociação complexa entre várias categorias, cujos resultados são contingentes e instáveis ao longo do tempo.
Em resumo, o texto tem como objetivo trazer uma concepção de doença como artefato teórico e heurístico que buscaria informações para tentar minimizar o sofrimento daqueles que padecem, assim como sugerir uma postura aos profissionais de saúde.

2) Quais os pontos principais trabalhados pelo autor? (1 ponto) O autor põe em xeque que se por um lado a “definição positiva” da saúde deseja não apenas uma mera evitação de doenças, por outro recai na armadilha de tentar estender a atuação do “setor saúde” a todas as esferas da vida do sujeito por meio de uma medicalização mais pontual. Entendo que essa visão de “saúde como tudo” resulta em políticas que destinam recursos para diversos programas assistencialistas. O autor propõe um deslocamento do

Relacionados

  • Resenha. Farmácias similares: saúde pública e privada para a base da pirâmide no México.
    873 palavras | 4 páginas
  • Saúde Pública no Japão
    747 palavras | 4 páginas
  • Gênero e Políticas Públicas de Saúde – construindo respostas para o enfrentamento das desigualdades no âmbito do SUS
    1417 palavras | 6 páginas
  • Atos lesivos a saúde pública
    1145 palavras | 5 páginas
  • Guia de finanças Publicas
    1959 palavras | 8 páginas
  • Saude Publica
    5407 palavras | 22 páginas