Hemocitopoiese

14125 palavras 57 páginas
1. INTRODUÇÃO A hemocitopoese é um sistema altamente organizado responsável pela produção das células sanguíneas. O controle da proliferação, diferenciação e maturação destas células é feito através de uma complexa interação molecular das células com o microambiente da medula óssea. Em indivíduos adultos, a hemocitopoese se compartimentaliza na medula óssea de ossos chatos gerando eritrócitos e leucócitos. Em termos quantitativos a hemocitopoese apresenta uma produção celular alta, em torno de 1012 de células sanguíneas/dia/Kg, em adultos. Esta produção é rigidamente controlada por um microambiente indutivo na medula óssea composto por células e por proteínas de matriz extracelular que formam o estroma medular.
A medula óssea contém um
…exibir mais conteúdo…
As células leucêmicas, na maioria das vezes, podem chegar ao sangue periférico e ainda infiltrar no fígado, linfonodos e outros tecidos do corpo.
2. DESENVOLVIMENTO
2.1 Células do sangue
O sangue está contido num compartimento fechado, o aparelho circulatório, que o mantém em movimento regular e unidirecional, devido essencialmente às contrações rítmicas do coração. O volume total de sangue numa pessoa normal é de aproximadamente 7% do peso corporal, ou cerca de 5 L num indivíduo com 70 kg de peso. É formado pelos glóbulos sanguíneos (os eritrócitos ou hemácias, as plaquetas (fragmentos do citoplasma dos megacariócitos da medula óssea) e diversos tipos de leucócitos ou glóbulos brancos) e pelo plasma, parte líquida, na qual os primeiros estão suspensos.
É principalmente um meio de transporte. Por seu intermédio, os leucócitos, células que desempenham várias funções de defesa e constituem uma das primeiras barreiras contra a infecção, percorrem constantemente o corpo, atravessam por diapese (saída ativa de leucócitos para fora do sistema circulatório, por movimentos ameboides) a parede das vênulas e capilares e concentram-se rapidamente nos tecidos atacados por microorganismos, onde desempenham suas funções defensivas.
O sangue transporta oxigênio e dióxido de carbono, sendo o primeiro ligado à hemoglobina dos eritrócitos e o segundo ou ligado à hemoglobina e a outras proteínas dos

Relacionados