Hipofise

1503 palavras 7 páginas
A GLÂNDULA HIPÓFISE OU PITUITÁRIA
A hipófise, também chamada de glândula “mestra” do organismo, é um órgão pequeno, tendo no homem o volume de uma pequena noz, pesando por volta de 0,6g. Fica localizada na sela túrcica abaixo do cérebro, separada do crânio por uma delgada membrana, a tenda da hipófise ou diagrama hipofisário, unindo-se ao hipotálamo pela haste hipofisária (ou haste pituitária).
Do ponto de vista fisiológico, a hipófise é formada por duas partes: A hipófise anterior ou adeno-hipófise e hipófise posterior. Entre elas existe uma pequena zona conhecida como parte intermediaria. As duas porções da hipófise originaram-se de fontes diferentes, a hipófise anterior da bolsa de Rathke (a qual constitui uma invaginaçao embrionária
…exibir mais conteúdo…
Ele libera hormônios que tanto regulam o crescimento e o desenvolvimento físico normais como estimulam a atividade das adrenais, da tireóide e dos ovários ou dos testículos. Quando o lobo anterior secreta quantidades excessivas ou insuficientes de seus hormônios, as outras glândulas endócrinas também produzem seus hormônios em quantidades excessivas ou insuficientes. Um dos hormônios secretados pelo lobo anterior é a corticotropina (hormônio adrenocorticotrópico ou ACTH), a qual estimula as adrenais a secretar o cortisol, um hormônio similar à cortisona e que mantém a vida, e diversos esteróides similares à testosterona (androgênios). Sem a corticotropina, as adrenais atrofiam e param de secretar o cortisol, acarretando insuficiência das adrenais. Vários outros hormônios são produzidos simultaneamente com a corticotropina. Eles incluem o hormônio estimulante dos betamelanócitos (o qual controla a pigmentação da pele), as encefalinas e as endorfinas (as quais controlam a percepção da dor, o humor e a atenção).
O hormônio estimulante da tireóide, também produzido pelo lobo anterior, estimula a tireóide a produzir os hormônios tireoidianos. Muito raramente, um excesso deste hormônio provoca uma secreção hormonal excesssiva por parte da tireóide e, conseqüentemente, o hipertireoidismo. Por outro lado, a estimulação deficiente faz com que a tireóide produza uma quantidade insuficiente e acarreta o hipotireoidismo. Dois

Relacionados

  • HIPÓFISE
    6346 palavras | 26 páginas
  • Hipofise
    2235 palavras | 9 páginas
  • Adeno-hipofise
    883 palavras | 4 páginas
  • Curiosidades da glândula hipófise
    2456 palavras | 10 páginas
  • resumo de sociologia
    798 palavras | 4 páginas
  • Sistema endócrino
    2023 palavras | 9 páginas
  • SISTEMA ENDÓCRINO DOS ANIMAIS
    3540 palavras | 15 páginas
  • Prova de morfofisiologia
    1515 palavras | 7 páginas