História da arte como história da cidade - argan

1248 palavras 6 páginas
História da Arte como História da Cidade de Giulio Carlo Argan

O Livro História da Arte como História da Cidade foi escrito pelo renomeado Giulio Carlo Argan, nascido na Itália, em Turim, no ano de 1909, e faleceu em Roma, em 1992. Aluno do crítico e historiador da arte Lionello Venturi, destacou-se internacionalmente a partir da década de 30 com estudos sobre a arte medieval e renascentista (L'architettura preromanica e romanica in Italia, 1936; L'architettura del Due e del Trecento in Italia, 1937). Carlo Argan também publicou numerosas monografias e coletâneas de ensaios, entre elas o livro aqui resenhado, História da Arte como História da Cidade. Político, elegeu-se prefeito de Roma em 1976, e senador em 1983, pelo Partido Comunista Italiano. Seu último trabalho foi Michelangelo architetto (1990). Neste livro, o autor procura reafirmar a analogia entre cidade e arte. Estabelece uma grandeza de espaço e tempo que relata a própria cidade e deixa claro as tradicionais indagações a respeito da história da arte e do urbanismo. Aqui serão resenhados quatro capítulos: Cidade ideal e cidade real (cap. 2, página 73); O tratado "De re aedificatoria" (cap. 5, página 105); Urbanismo, espaço e ambiente (cap. 14, página 211) e por fim O espaço visual da cidade (cap. 15, página 225) No capítulo Cidade ideal e cidade real, Carlo Argan traz relações entre a arte e o renascimento. Ele explica que na época do renascimento surgiu a concepção de cidade ideal, que deveria ser

Relacionados

  • Historia da arte
    7676 palavras | 31 páginas
  • Fichamento Historia da Arte Gombrich
    2485 palavras | 10 páginas
  • Preâmbulo ao estudo da história da arte
    1116 palavras | 5 páginas
  • historia da arte
    1674 palavras | 7 páginas
  • Resumo história da arte
    2780 palavras | 12 páginas
  • História da arte
    2138 palavras | 9 páginas
  • Historia Da Arte Question Rio
    913 palavras | 4 páginas
  • Leitura da história da arte moderna de giulio carlo argan.
    3750 palavras | 15 páginas