História do Brasil Colonia - Resumo

3299 palavras 14 páginas
Universidade Federal do Amazonas
Instituto de Ciências Humanas e Letras
Departamento de História

Disciplina: Prática Integrada III
24.06.14

O Brasil Colonial (1500-1822)
Os índios.
Quando os europeus chegaram ao território do Brasil encontraram uma população indígena bem homogênea em termos culturais e linguísticos. Basicamente havia dois grandes blocos divididos nos tupis-guaranis e nos tapuias. Os tupis se localizavam mais no litoral do Norte até parte da região de São Paulo, os guaranis se localizavam na bacia Paraná-Paraguai. Já os tapuias (populações que falavam línguas diferentes do Tupi-Guarani) se localizavam em regiões como sul da Bahia e Norte do Espírito Santo.
Mesmo tendo um tronco linguístico semelhantes, estudar sua cultura e costumes se tornou complicado, pois se tratava de várias nações de uma cultura diferente da dos colonizadores. Dentre os relatos dos viajantes, padres e outros que para cá vieram, há uma diferenciação entre os índios com qualidades positivas e negativas, assim como os que resistiam mais e os que resistiam menos.
Apesar de existir vários grupos e ramificações, haviam poucas trocas de gêneros entre elas. O contato existia quando havia algum casamento ou dos chamados bens de luxo, como penas de pássaros (Geralmente tucanos) e pedras para os ornamentos. Através desses contatos, se formavam alianças entre os grupos e as aldeias.
A chegada dos portugueses representou uma catástrofe para essas aldeias, pois significou sua “morte”

Relacionados

  • Resumo economia brasileira
    1305 palavras | 6 páginas
  • Resumo do livro: NOVAIS, Fernando Antonio. Portugal e Brasil Na Crise do Antigo Sistema Colonial (1777-1808). 5°Edição. São Paulo, 1985: Hucitec, 1989.
    401 palavras | 2 páginas
  • Formação do brasil contemporâneo
    895 palavras | 4 páginas
  • Resumo: Os Donos do Poder (Raymundo Faoro) – Cap.1
    1379 palavras | 6 páginas
  • A Arquitetura Jesuítica no Brasil
    1371 palavras | 6 páginas
  • O históriador marxista caio prado jr. e sua obra “formação do brasil contemporâneo”.
    1706 palavras | 7 páginas
  • História da Educação Brasileira: Leituras (Maria Lucia Spedo Hilsdorf)
    1120 palavras | 5 páginas
  • Imaginário europeu: descrição do brasil colônia, pos-descobrimento
    992 palavras | 4 páginas