Historia da arte judaica na idade média

1406 palavras 6 páginas
A Arte Judaica

Introdução

Dizia-se que a arte judaica era sugerida apenas na idade moderna, por causa da proibição na bíblia para evitar a idolatria..
Mas a oposição a isto foi o fato cultural efetivo da necessidade de criar objetos cotidianos, e objetos para os ritos. E a isto vem marcado desde Canaã dos primórdios desde que se tornaram sedentários, e o povo tornou-se uma nação, onde o templo de Salomão pé o grande marco, que permanece ate os dias atuais.
A arquitetura os ornamentos e tudo o mais, que são relatados na Torah, onde os ornamentos e figurativos em formas de animais.
Isso perdurou ate a diáspora e se diz que não houveram mais feitos artísticos desde então mas a descobertas das sinagogas Beth Alpha e Dura Europos
…exibir mais conteúdo…

O nome "iídiche" passou a ser usado para designar o idioma somente a partir do século XVIII; antes disso, já era a principal língua falada pelos judeus da cultura asquenazita. O idioma é fruto de uma compilação linguística diversificada: 1.O germânico (dominante do ponto de vista fonético) derivado das variedades urbanas medievais do alto-alemão médio falado nas fronteiras; 2.Dialetos modernos, como o eslavo, do polonês, ucraniano, bielorrusso e russo; 3.O semita, derivado do hebraico e do aramaico pós-clássicos, cujo alfabeto é usado para representação fonética e escrita. De forma simplificada, pode-se dizer que o iídiche é o idioma germânico escrito com caracteres do alfabeto hebraico moderno e em sentido oposto (ou seja, escrita sinistrorsa, escrita e lida da direita para a esquerda) ao da escrita ocidental. Na prática, os três componentes contribuíram em maior ou menor grau na fonologia, morfologia, sintaxe e semântica da língua.

Ao longo da Idade Média européia, a diáspora judaica se espalhou pela Europa, por todo o Oriente Médio e África, onde numerosas escolas e sinagogas foram erguidas especialmente na Europa Oriental, com muitos murais e esculturas

[mas nesta região muitas foram destruídas durante a II Guerra (1939-45), restando raros exemplos antigos, como em Praga, República Checa (Alt-Neuschul – Antiga Escola Nova); e outra em Toledo, Espanha,

Relacionados

  • Resumo memoria de jacques le goff
    3156 palavras | 13 páginas
  • Cultura da irlanda
    1129 palavras | 5 páginas
  • Trabalho sobre ocultismo
    2431 palavras | 10 páginas
  • Eliot Freidson
    10354 palavras | 42 páginas
  • As religiões asiáticas
    3955 palavras | 16 páginas
  • Fichamento gombrich, a história da arte
    3475 palavras | 14 páginas
  • Império Romano
    4224 palavras | 17 páginas
  • história da Igreja
    16222 palavras | 65 páginas