Historia da economia alemã

2249 palavras 9 páginas
História da economia AlemãA Alemanha já havia desenvolvido uma economia forte durante a Idade Média. Foi baseado em guilda e produção artesanal, mas com elementos de capitalismo mercantil e mercantilismo. O comércio realizado por suas cidades variou muito grande e em toda a Europa em todas as direções, e na Alemanha como um todo, muitas vezes tinham superávits comerciais com os estados vizinhos. Uma das razões para essas exportações era a necessidade absoluta para os pequenos estados para vender no exterior, a fim de comprar muitas coisas que eles não podiam produzir em casa.As guildas alemães da Idade Média estabeleceram a tradição alemã de criação de produtos conhecidos pela qualidade e durabilidade. Um artesão não tinha permissão para …exibir mais conteúdo…

As três posições têm sido raramente realizadas simultaneamente por membros de um partido único e geralmente são divididos entre dois ou às vezes três partes. A política econômica tem, portanto, para refletir os interesses de pelo menos dois partidos políticos, com tudo o que isso significa em termos de compromisso e de conciliação. . |
Agricultura, Silvicultura e Pesca AgriculturaA agricultura é um setor pequeno da economia alemã diminuiu em importância durante todo o século XX.Embora o número de fazendas diminuísse a produção na verdade aumentou através de métodos de produção mais eficientes. Ao início dos anos 1990, um único agricultor pode produzir alimentos suficientes para setenta e cinco pessoas, muito mais do que era o caso nos anos 1950 ou 1960.Os produtos agrícolas variam de região para região. No terreno plano no norte da Alemanha e, especialmente nas porções leste, cereais e beterraba são cultivadas. Em outros lugares, com o terreno mais acidentado e montanhoso, mesmo, os agricultores produzem hortaliças, leite, carne de porco, ou carne. Todas as leis e regulamentos agrícolas são escritos em Bruxelas , muitas vezes depois de difíceis

Relacionados

  • Escola histórica alemã
    2991 palavras | 12 páginas
  • Resumo do texto: introdução à crítica da filosofia do direito de hegel
    5616 palavras | 23 páginas
  • A crise financeira na espanha
    2288 palavras | 10 páginas
  • Revolucao industrial alema
    1101 palavras | 5 páginas
  • Economia pós segunda guerra mundial
    1371 palavras | 6 páginas
  • Fim da guerra fria
    2716 palavras | 11 páginas
  • Fichamento - A Era das revoluções (capítulo: Ideologia Secular )
    1147 palavras | 5 páginas
  • Pontos Positivos E Negativos Do Nazismo Na Segunda Guerr1
    1342 palavras | 6 páginas
  • GEOPOLITICA
    1368 palavras | 6 páginas