I - globalização e mercado: causas da debilidade da identidade do estado

4452 palavras 18 páginas
O processo de globalização, a cada dia que passa, tem de variadas formas interligado os povos dos mais longínquos recantos do mundo, das mais variadas culturas, religiões, línguas, economias, estreitando costumes e, com essa integração, possibilitando a elevação de níveis de vida de muitas comunidades, graças às sofisticadas tecnologias postas à disposição da comunidade internacional. Enquanto diminui o analfabetismo de um lado, contribui para a liberdade do ser humano, ao aproximar longínquos e esquecidos Estados, através dos meios de comunicação e da liberdade de imprensa.
Nesse sentido é que a formação da sociedade global modifica substancialmente as condições de vida e trabalho, os modos de ser, sentir, pensar e imaginar. Assim como modifica as condições de alienação e as possibilidades de emancipação de indivíduos, grupos, etnias, minorias, classes, sociedades, continentes. ( Ianni, 1996, p. 52).
Essa onda globalizante provoca transformações com suas implicações econômicas, políticas e sociais, resultando na dissolução de fronteiras, numa dança que define as forças dominantes, ora num, ora noutro território. Gera, com isso, o enfraquecimento do Estado-nação, que não mais monopoliza essas forças, as quais invadem territórios rasgando fronteiras e que são representadas por corporações empresariais, conglomerados, organizações e agências transnacionais. São os fluxos de capitais, pessoas, dinheiro e outros que passam a definir o lugar de importância no momento, pelos

Relacionados

  • Influencia norte da cultura norte americana
    12814 palavras | 52 páginas
  • Fichamento - Hobsbawn - A Era dos Extremos - Cap. 1 ao 13
    17498 palavras | 70 páginas
  • Direito
    20001 palavras | 81 páginas
  • alinhamento Brasil e EUA guerra fria
    18879 palavras | 76 páginas
  • Resumo 10 e 11º ano de geografia a
    18098 palavras | 73 páginas
  • Judo e Jiu Jitsu e o Desenvolvimento Integral de Crianças
    20141 palavras | 81 páginas