INTOLERÂNCIA A DIFERENÇA SEXUAL

2531 palavras 11 páginas
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS
CURSO SERVIÇO SOCIAL

INTOLERÂNCIA A DIFERENÇA SEXUAL.

PELOTAS
2013

Sumário:

1. INTRODUÇÃO:- ----------------------------------------------------------------------------------

2. DESENVOLVIMENTO:- ---------------------------------------------------------------

2.1. Intolerância a diferença sexual. ---
2.2. Os caminhos e (des) caminhos da história homoafetiva. -----------
2.3. Homossexuais vítimas de uma intolerância de homofóbicos. ----
2.4.Serviço Social na luta contra a intolerância. -----------------------------

3. Considerações Finais: ----------------------------------------------------------------
…exibir mais conteúdo…

Caracteriza-se pela atração e manifestação de desejos por pessoas do mesmo sexo biológico. A homossexualidade é tão antiga quanto à própria humanidade e encontra-se presente em todas as fases da história. O contato afetivo entre homens favorecia a bravura no campo de batalha. Em outros casos, a relação entre um adulto e um adolescente consistia num rito de passagem ou de aprendizagem, algumas das civilizações primitivas do Oriente e também do Mediterrâneo Oriental demonstravam relações homossexuais nos seus rituais de adoração aos seus deuses. Nesses rituais incluíam contatos sexuais com os sacerdotes do mesmo sexo. Mas não eram somente essas civilizações que praticavam relações homossexuais, nas sociedades pré-cristãs. Essas relações eram praticadas pelos romanos, egípcios, gregos e assírios. Porém, ressalta-se que foi através da civilização grega que a homossexualidade tomou maior dimensão, pois além de representar os aspectos religiosos e militares, lhe foram atribuídas algumas características, como a estética corporal e intelectualidade, considerando-se assim, por muitos, um relacionamento mais nobre do que o heterossexual.
A visão que se tinha sobre a homossexualidade muda de acordo com Edmar Davi, quando escreve em seu artigo Intolerância e homossexualidade: as marcas da homofobia na Cultura Ocidental a partir do momento em que quando a figura do homem ‘’normal’’ passou a se o modelo vigente.

A rígida definição do masculino ganhou contornos

Relacionados

  • A intolerância na contemporaneidade
    1638 palavras | 7 páginas
  • Plano de aula sobre diversidade
    1878 palavras | 8 páginas
  • DESIGUALDADES DE RAÇA E ETNIA
    3012 palavras | 13 páginas
  • Homessexualidade no brasil
    930 palavras | 4 páginas
  • Homofobia
    5703 palavras | 23 páginas
  • Anamnese – abordagem geral
    1542 palavras | 7 páginas
  • Conceito de identidade e alteridade
    1369 palavras | 6 páginas
  • Projeto Científico - Feira Cultural & Científica
    852 palavras | 4 páginas
  • Os diversos tipos de preconceito e discriminação - escala de allport
    3527 palavras | 15 páginas
  • Séries iniciais – sexualidade na sala de aula
    3157 palavras | 13 páginas