Identidade

1373 palavras 6 páginas
Identidade individual e coletiva

Introdução

O conceito de identidade é tão confuso quanto compreender quem somos. Maria da Graça Corrêa Jacques inicia seu artigo citando o seguinte trecho da música Metamorfose Ambulante de Raul Seixas:
“Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator Prefiro ser esta metamorfose ambulante.”
Esse fragmento nos revela muito sobre identidade, ele nos faz ver o conceito de identidade como uma metamorfose, um processo em transformação e não como uma totalidade imutável; assumimos diferentes papeis, esses que nos definem. Serão apontadas as dicotomias que precisam ser superadas para compreender o fenômeno da identidade assinaadas por Jacques e Ciampa.
Partiremos do pressuposto que o homem se hominiza a partir da sua relação com a sociedade, sendo assim, sujeito e produto do processo histórico social.

Quem sou eu?
Nos deparamos inúmeras vezes tentado responder essa pergunta no nosso cotidiano, e quando o fazemos estamos buscando nossa identidade. Segundo Jacques (1998, p. 158) a

Relacionados

  • O poder da identidade
    2550 palavras | 11 páginas
  • Identidade cultural
    2112 palavras | 9 páginas
  • Identidade Regional
    6160 palavras | 25 páginas
  • IDENTIDADE, SINGULARIDADE E SUBJETIVIDADE
    1201 palavras | 5 páginas
  • Identidade e estigma
    1263 palavras | 5 páginas
  • identidade e diferença
    1002 palavras | 5 páginas
  • Identidade visual - canon
    873 palavras | 4 páginas
  • Resumo bauman - identidade
    834 palavras | 4 páginas
  • corpo e identidade jocimar
    5462 palavras | 22 páginas