Identidade e a diferença

1201 palavras 5 páginas
HISTÓRIA DO BRASIL

Prof. Antonio Felix da Silva Neto

Resenha sobre o texto de Tamaz Tadeu: A produção social da identidade e da diferença

No texto de Tomaz Tadeu sobre a identidade e a diferença, o autor chama atenção sobre questão da valorização do multiculturalismo e da diferença utilizados pela teoria educacional critica e até mesmo na pedagogia oficial, tratadas, segundo ele, de forma marginal, como “temas transversais”, sem a menor preocupação com a teoria da identidade e da diferença. Em outras palavras sem a menor preocupação de analisar essa teoria de forma crítica. O chamado multiculturalismo apóia-se, na opinião do autor, em um vago e benevolente apelo à tolerância e ao respeito para com a diversidade e a diferença.
A identidade e diferença, segundo o texto, são concebidas em uma primeira aproximação como algo independente, autossuficiente, autônomo. No entanto, percebe-se que a identidade e a diferença estão em uma relação de estreita dependência, pois a construção da identidade depende diretamente da elaboração do conceito das diferenças. Dessa forma, essa autonomia somente seria concebida num mundo imaginário totalmente homogêneo, onde as pessoas partilhassem das mesmas identidades, as afirmações nesse caso não fariam sentido. Além de serem interdependentes, segundo afirma o texto, elas são resultadas de atos de criação linguística, produto da cultura e do social. A identidade e diferença não são, portanto, criaturas do mundo natural ou

Relacionados

  • Identidade cultural e globalização.
    2964 palavras | 12 páginas
  • Identidade imagem e reputação
    1195 palavras | 5 páginas
  • IDENTIDADE, SINGULARIDADE E SUBJETIVIDADE
    1201 palavras | 5 páginas
  • Identidade e estigma
    1263 palavras | 5 páginas
  • identidade e diferença
    1002 palavras | 5 páginas
  • Cultura e Identidade Surdas
    7964 palavras | 32 páginas
  • Projeto Identidade e Autonomia
    1497 palavras | 7 páginas
  • Identidade e Exclusão Social
    1126 palavras | 5 páginas
  • corpo e identidade jocimar
    5462 palavras | 22 páginas