Igreja: a religião como instituição

3911 palavras 16 páginas
Igreja: a religião como instituição

[pic] Manifestação da arte cristã em um mosaico bizantino. Para o católico, a cruz não é apenas uma escultura.

Introdução

Todas as sociedades conmheceram ou conhecem alguma forma de religião. Na verdade, as crenças religiosas são um fato social universal, porque ocorrem em toda parte, desde os tempos mais remotos. A crença em algum tipo de divindade e o sentimento religioso são fenômenos comuns a todas as épocas e lugares do planeta.

Cada povo tem nas crenças religiosas um fator de estabilidade, de aceitação da hierarquia social e de obediência às normas que a sociedade considera necessárias para a manutenção do equilíbrio social. Por isso, a
…exibir mais conteúdo…
Assim, muitos dogmas religiosos terão de ser revistos, entre eles a indissolubilidade do casamento e a proibição do aborto, que afetam várias correntes religiosas. As igrejas, de modo geral, deverão participar mais ativamente dos grandes problemas sociais, econômicos e culturais da sociedade, não só para dar amparo moral aos crentes, mas também para ajudá-los a resolver seus problemas.

As religiões monoteístas

O Oriente Médio é o berço das três grandes religiões monoteístas: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo. Em todas, os fiéis adoram o mesmo deus, chamo de Javeh pelos judeus e de Alah pelos muçulmanos. O judaísmo e o cristianismo surgiram nas colinas encravadas entre o mar mediterrâneo e o rio Jordão, enquanto o islamismo se originou em Meca, no oeste da atual Arábia Saudita.

O islamismo domina amplamente a região, onde se encontram ainda populações expressivas de judeus e cristãos, concentrados respectivamente em Israel e no Líbano. Os muçulmanos (islamitas) dividem-se em sunitas e xiitas – e estes últimos, por sua vez, fragmentam-se em diversas seitas. Judeus e cristãos também apresentam algumas segmentações.

A região abriga ainda grupos minoritários de praticantes de religiões antigas,

Relacionados

  • mitos e verdades sobre o corpo masculino e feminino
    4617 palavras | 19 páginas
  • As religiões brasileiras, suas origens e miscigenações
    6578 palavras | 27 páginas
  • Pastoral urbana
    2652 palavras | 11 páginas
  • História do Ensino Religioso no Brasil: limites e desafios para um Ensino Humanitário
    9349 palavras | 38 páginas
  • Papel da religião na expansão portuguesa
    2672 palavras | 11 páginas
  • O poder da igreja no mundo feudal e atual
    2024 palavras | 9 páginas
  • FACULDADE DE TEOLOGIA HUMANA E SOCIAIS LOGOS REVISANDO 2
    6570 palavras | 27 páginas
  • A RELIGIÃO SOB O PONTO DE VISTA FILOSÓFICO
    8334 palavras | 34 páginas
  • Fichamento A Civilização Feudal - Jérome Baschet
    1154 palavras | 5 páginas