Impacto sociocultural do islão em moçambique, caso particular em nampula: 2001-2010

16151 palavras 65 páginas
1. Introdução Moçambique desde o século XVI, que é caracterizado por ser um verdadeiro mosaico de religiões: Cultos Africanos, Islão, Cristianismo e Hinduísmo.
Calcula-se que cerca de 10% da população moçambicana, sobretudo no norte e ao longo do litoral, seja seguidora do islão.
Esta religião está presente em Moçambique desde pelo menos inícios do 2º. Milénio. A sua difusão ter-se-á feito através da costa, por intermédio dos swahilis, cuja língua ainda hoje predomina na Tanzânia.
Até a 2º. Guerra Mundial o islamismo circunscrevia-se ao litoral norte, com excepção de uma bolsa no Niassa (tribo dos Ajauas). A partir daí regista-se uma difusão para sul e interior do território, sendo todavia o norte a região de maior implantação do
…exibir mais conteúdo…
Orientação metodológica.
1.1. Delimitação do tema
Para (LAKATOS e MARCONI, 2003:126), o tema de pesquisa “é o assunto que se deseja provar ou desenvolver; é uma dificuldade, ainda sem solução, que é mister determinar com precisão, para intentar, em seguida, seu exame, avaliação crítica e solução. O presente Projecto de Pesquisa que vou apresentar resulta de uma pesquisa realizada na Província de Nampula e é subordinada ao tema “Impacto Sociocultural do Islão em Moçambique, caso particular em Nampula: 2001-2010“
1.2. Problema
Para LAKATOS e MARKONI (2002:102); “O problema esclarece as dificuldades específicas com as quais defronta o que se quer esclarecer por intermédio da pesquisa”. Face a isto e ao exposto anteriormente levar-se-á a cabo a pesquisa baseada na seguinte questão de partida: “Em que medida o Islão contribui sócio - culturalmente nas atitudes culturais e/ou manifestações culturais na Cidade de Nampula“.
Em igualdade a outros fenómenos, a religião em África, em particular em Moçambique é fruto de importação e/ou implantação de costumes estrangeiras como (ocidentais e orientais).
Em igualdade a outros fenómenos, a religião em África, em particular em Moçambique é fruto de importação e/ou implantação de costumes estrangeiras como (ocidentais e orientais).
O Islão em Moçambique é fruto dos contactos comerciais entre os árabes e os povos da costa moçambicana. A partir deste contacto permitiu a troca de experiências e hábitos culturais, permitindo assim

Relacionados