Industrialização tardia i, ásia, américa latina e áfrica

2667 palavras 11 páginas
Capítulo VI
INDUSTRIALIZAÇÃO CLÁSSICA I: EUROPA I

Denomina-se industrialização clássica a ocorrida no período da Primeira e Segunda Revolução Industrial, ou seja, no século XVIII e mais efetivamente no século XIX. Nos países da Europa Ocidental houve grandes avanços na produção, e os Estados Unidos também iniciaram sua industrialização nesse período.

O pioneirismo inglês
A Inglaterra foi pioneira no processo de industrialização, e vários fatores de ordem política, econômica e social contribuíram para isso. Como a maior potência comercial do planeta na época, ela dominava territórios coloniais, que abasteciam o país com recursos naturais, matérias-primas e riquezas. Também o fato de ter sido a primeira monarquia parlamentarista da
…exibir mais conteúdo…
Destacam-se também a automobilística e a de aviões. A maior parte da matéria-prima é importada de outros países.
Sendo uma economia madura, a economia inglesa está baseada no setor de serviços, que corresponde a 78% do PIE. A agricultura representa apenas 2%, e o setor industrial, 20%.
De maneira geral, o Reino Unido oferece ótimas condições de vida a seus habitantes. Podemos perceber isso pelos indicadores sociais: a expectativa de vida é de 78 anos, a mortalidade infantil é de 5,5 para cada grupo de mil crianças, e o analfabetismo é inferior a 1 %. O PIE per capita é de US$ 25300.

Condições de trabalho no século XIX
Após a Revolução Industrial, as cidades se tornaram enormes aglomerados de pessoas vivendo sob condições muito precárias. A vida nas fábricas, com jornada de trabalho de até 14 horas, transformava o trabalhador em uma ferramenta da acumulação do capital industrial. A obra A situação da classe trabalhadora na Inglaterra, de Friedrich Engels, de 1845, narra exemplos das condições de vida nas cidades e nas fábricas da Inglaterra do século XIX.

A ascensão da burguesia e a industrialização na França
A França foi uma das forças imperialistas do passado. Os ideais de igualdade, fraternidade e liberdade da Revolução Francesa foram fundamentais para que ela tenha sido um dos primeiros países a participar da Revolução Industrial. A burguesia, ao tomar o poder político, ganhou força e investiu na manufatura.
No

Relacionados

  • Industrialização tardia - asia africa e america latina
    3520 palavras | 15 páginas
  • As origens do subdesenvolvimento
    2299 palavras | 10 páginas
  • Transição demográfica na áfrica subsaariana
    4472 palavras | 18 páginas
  • Fichamento - cervo & bueno - história da política exterior do brasil
    19964 palavras | 80 páginas
  • As vantagens da globalização na comunicação, na industrialização e na sociedade
    7107 palavras | 29 páginas
  • RESUMO DO LIVRO A ECONOMIA LATINO AMERICANA CELSO FURTADO CAP 1 AO 13
    14740 palavras | 60 páginas
  • Jujuba
    7433 palavras | 30 páginas
  • Gestão orientada para o desenvolvimento
    12529 palavras | 51 páginas
  • Resumo da materia de historia do 12 ano
    12647 palavras | 51 páginas