Infantilismo

929 palavras 4 páginas
Faculdade de Ciências Humanas Esuda
Psicologia (2012.1 B)

Infantilismo

Relatório

Aluna:
Isabela de França Meira

Professor:
Pedro Paulo Procópio
Sociologia

Recife
Março - 2012
Infantilismo é...
Em primeiro lugar, deixa-se claro que o infantilismo jamais pode ser confundido com pedofilismo ou qualquer outra prática imoral e criminosa, pois suas práticas jamais envolvem crianças e sim o desejo de se tornar criança.
Infantilismo pode ser uma psicopatologia ou uma parafilia, também pode ser conhecido como anacletismo ou autonepiofilia.
Infantilismo é o desejo de usar fraldas e ser tratado como uma criança indefesa. Os infantilistas gostam de usar fraldas, de se vestir como bebês, de comer como bebês, de falar como bebês, de brincar como bebês e de usar objetos de bebês como mamadeira e chupeta.
São conhecidos como um adulto bebê ou do inglês “Adult Baby” (AB) ou teen baby (TB), dependendo da idade. A grande maioria dos infantilistas também são amante das fraldas ou “Diaper Lovers” (DL). Assim que são conhecidos a comunidade infantilista, como AB / DLs.
Infantilismo e o fetiche por fraldas podem se diferenciar na auto-imagem e no objetivo a ser alcançado. No entanto, eles podem coexistir em indivíduos e tem algumas semelhanças na prática. Os desejos infantilistas podem variar, mas mantendo sempre o foco com situações ou objetos normalmente encontrados na rotina de um bebê. Dificilmente será encontrado infantilistas que busquem somente a regressão ou o

Relacionados

  • RESUMO PRINCIPIOS
    1024 palavras | 5 páginas
  • Teoria psicanalítica
    946 palavras | 4 páginas
  • Anomalias cromossômicas
    1421 palavras | 6 páginas
  • Resenha: capitalismo, socialismo e democracia - schumpeter
    1606 palavras | 7 páginas
  • Educação como meio transformação social
    2381 palavras | 10 páginas
  • 12 PATOLOGIA DO SISTEMA REPRODUTOR DA FEMEA
    2214 palavras | 9 páginas
  • Trabalho da equipe diretiva no processo de mudança da prática pedagógica: por uma gestão democrática.
    2452 palavras | 10 páginas
  • Aberrações sexuais
    2348 palavras | 10 páginas
  • Freud - análise terminável e interminável
    2283 palavras | 10 páginas
  • SÍNTESE DO TEXTO DE MERVAL ROSA FÉ E DÚVIDA
    2206 palavras | 9 páginas