Influência espanhola no brasil

1926 palavras 8 páginas
Define-se a cultura como um entrelaço de padrões de comportamento, crenças, instituições, manifestações da arte e intelectuais difundidos coletivamente, e característico de uma sociedade. No caso do Brasil, a pluralidade é a característica principal da formação de sua cultura, fortemente marcada por grandes deslocamentos populacionais (GEERTZ, 1989 apud BELTRÃO, 2008).
Segundo DEZAN (2011) durante a colonização, o território brasileiro foi cenário de uma mistura entre as culturas dos índios, portugueses e africanos. No entanto, a verdadeira imigração deu-se a partir de 1808, período anterior a proclamação da independência, quando se estabeleceu um constante fluxo de imigrantes para o Brasil, recebendo influências da cultura europeia,
…exibir mais conteúdo…
No Brasil as características arquitetônicas empreendidas nas obras dos jesuítas extrapolavam a esfera das edificações religiosas, repetindo-se nas demais construções do traçado urbano.”
Lúcio Costa aborda neste artigo as singularidades das construções jesuíticas no contexto brasileiro, defendendo que essas obras constituíram verdadeiramente nossa “antiguidade”. O autor afirma que enquanto na Europa a Companhia se associava à exuberância das construções barrocas, aqui, suas intervenções eram marcadas por uma profunda sobriedade, não obstante deixando entrever um “sabor popular”, que desfigurava desde sempre os padrões eruditos, configurando-se como experiências legítimas de recriações. O autor não deixa de atentar para o fato de que no Brasil as características arquitetônicas empreendidas nas obras dos jesuítas extrapolavam a esfera das edificações religiosas, repetindo-se nas demais construções do traçado urbano.
Quando se fala aqui no Brasil em “estilo jesuítico”, o que se quer significar, de preferência, são as composições mais renascentistas, mais moderadas, regulares e frias, ainda imbuídas do espírito severo da Contra-Reforma.
O programa das construções jesuíticas era relativamente simples. Pode ser dividido em três partes, correspondendo cada uma destas a uma determinada utilização: para o culto, a igreja com o coro e a sacristia; para o trabalho, as aulas e oficinas;

Relacionados

  • Influência espanhola no Brasil
    1226 palavras | 5 páginas
  • Os processos de independência da América espanhola
    1457 palavras | 6 páginas
  • A CULTURA ESPANHOLA E A INVAS O EM SANTA CATARINA
    587 palavras | 3 páginas
  • origem da lingua espanhola
    998 palavras | 4 páginas
  • América no Seculo XIX
    1095 palavras | 5 páginas
  • Projeto de Extensão – Espanhol Básico para Iniciantes “Desarrollando la Lengua Española”
    2643 palavras | 11 páginas
  • Independencia dos paises da america latina
    3554 palavras | 15 páginas
  • Lingua espanhola
    1285 palavras | 6 páginas
  • Estratégias didáticas motivacionais para a aula de lingua espanhola
    4339 palavras | 18 páginas
  • Apostila 3º ano historia gabarito 2010
    2310 palavras | 10 páginas