Inserção e manutenção de picc em utin: a necessidade de uma assistência de enfermagem peculiar

5486 palavras 22 páginas
Inserção e manutenção de PICC em UTIN: A Necessidade de Uma Assistência de Enfermagem Peculiar

Briêlla Sabino Teles briellasteles@yahoo.com.br

Graduando em Enfermagem (FABAVI/SERRA)

Cátia Pereira de Souza Silva catiaperinha@hotmail.com

Especialista em Nefrologia - SOBEN

RESUMO
O desenvolvimento tecnológico da terapia intravenosa em neonatologia desafia o enfermeiro a buscar competência técnica e científica. Essa terapia vem beneficiando os recém-nascidos que necessitam de um acesso venoso seguro. O cateter venoso central de inserção periférica (PICC) é um dispositivo intravenoso inserido através de uma veia periférica, o qual progride até a veia cava superior ou inferior, adquirindo características de um cateter central.
…exibir mais conteúdo…
A perda deste acesso poderá comprometer a eficácia da terapêutica e da rede venosa. As repetidas venopunções podem causar diversas complicações nos vasos periféricos, que podem ser locais ou sistêmicas, culminando muitas vezes com a necessidade de uma dissecção venosa. Por isso a necessidade de se utilizar um dispositivo mais seguro e menos traumático. (RODRIGUES, CHAVES, CARDOSO, 2006)

O dispositivo intravenoso – PICC, sigla em inglês utilizada neste estudo (Peripherally Inserted Central Venous Catheter), ou CCIP, sigla em português (Cateter Central de Inserção Periférica) é uma alternativa de acesso venoso central por via periférica, utilizado inicialmente nas unidades de terapia intensiva neonatal, com expansão de seu uso, pela facilidade de inserção à beira do leito por enfermeiros e pelo surgimento de programas de capacitação profissional. Sendo usado como o dispositivo de escolha para a terapia endovenosa de longa duração em neonatologia. (JESUS, SECOLI, 2008)

Os recém-nascidos submetidos à inserção do dispositivo PICC são, na grande maioria, compostos por pré-termos de baixo peso que requerem esse dispositivo para assegurar seu crescimento e desenvolvimento, já que os órgãos associados à sucção e nutrição ainda não estão totalmente desenvolvidos. (CAMARGO et al., 2008)

O emprego desta terapêutica exige determinadas particularidades práticas que vão desde a seleção do vaso sanguíneo até a

Relacionados

  • ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM EM GESTANTES COM TUBERCULOSE
    2154 palavras | 9 páginas
  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PACIENTE COM ESQUIZOFRENIA: UM ESTUDO DE CASO
    2557 palavras | 11 páginas
  • Assistencia de enfermagem ao potencial doador de orgão
    6212 palavras | 25 páginas
  • A exigência de trabalho à noite, nos finais de semana e nos feriados, uma necessidade frequente em
    1676 palavras | 7 páginas
  • Pratica assistencial de enfermagem problemas, perspectivas e necessidade de sistematização
    4250 palavras | 17 páginas
  • Assistência de enfermagem ao portador de upp
    6911 palavras | 28 páginas
  • Assistência de Enfermagem em Hemoterapia
    1586 palavras | 7 páginas
  • Tcc ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO DEPENDENTE QUÍMICO
    2359 palavras | 10 páginas
  • Assistencia de enfermagem em revascularização do miocárdio
    986 palavras | 4 páginas