Interpretação textual face aos conceitos de lingua, linguagem e variação linguística

2687 palavras 11 páginas
INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem por objetivo a interpretação textual face aos conceitos de língua, linguagem e variação linguística, bem como a ênfase na tríade regionalidade, oralidade e linguagem padrão. A partir do texto “Em bom português” pretende-se analisar a heterogeneidade da linguagem que perpassa por variedades de ordem social, geográfica e até mesmo individual. As variações linguísticas concedem à fala e à escrita um processo de dinamicidade, permitindo a sua constante mutação e proporcionando aos autores a possibilidade de mesclar a norma culta com a popular/coloquial sem descaracterizar os objetivos de um texto. A linguagem popular é vista em todos os meios de comunicações (jornais, revistas, rádios e TV). Geralmente, esse tipo de linguagem é falada e/ou escrita sendo destinada a um público específico. Para falar ou escrever o português, o ponto de referência é a norma padrão, mas essa referência não tem o condão de marginalizar ou abolir o falar espontâneo do dia a dia. No texto “Em bom português”, o autor atenta para esse fato ao afirmar que “Esse futebolês é contagioso”, eis que a linguagem coloquial é expressa e entendida em qualquer lugar, já que as variações linguísticas não descaracteriza a essência da lingua. A linguagem da mídia e outras formas espontâneas dos torcedores apresentadas no texto em análise demonstra que o mais importante é a adequação vocabular à

Relacionados

  • linguagem
    5242 palavras | 21 páginas
  • GÊNEROS TEXTUAIS E O ENSINO DA ORALIDADE NO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA ANÁLISE DE LIVROS DIDÁTICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA
    6953 palavras | 28 páginas
  • Apostila Leitura e Produção de Textos
    17828 palavras | 72 páginas
  • Análise das ambiguidades lexicais e sintáticas na construção dos sentidos das tirinhas mafalda
    13281 palavras | 54 páginas
  • A conceituação de Estilistica
    10595 palavras | 43 páginas
  • REDAÇÃO JURIDICA
    13799 palavras | 56 páginas