Intolerancia Religiosa no seculo XXI

924 palavras 4 páginas
Intolerância Religiosa no Século XXI Apesar de vivermos no século da flexibilidade do pensamento para muitos, ainda temos que lidar com a intolerância religiosa, de credo e de crença. Conflitos onde o embate corpo a corpo ultrapassa a forma de pensamento e a imposição de formas de culto às divindades são gritantes. A intolerância religiosa ascende desde as subdivisões das doutrinas dogmáticas. As atitudes de grupos ou seitas radicais contrárias a certas práticas fazem crescer a discórdia e o desrespeito às crenças. As raízes das ditas guerras santas estão cravadas na história há mais de dois milênios, com o nascimento de Jesus Cristo, o mártir das maiores seitas do mundo desde a conversão da religião oficial de Roma, feita por Constantino. Entretanto, mesmo existindo a manifestação do desejo pela tolerância e fim dos conflitos, grupos religiosos continuam na labuta em guerras que envolvem muito mais do que a religião, como o Talibã e a Aliança do Norte, que exigem a titularidade das terras. Mesmo existindo pseudocontratos como o Apelo Espiritual de Genebra e a Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde ambos pedem o respeito mútuo entre as religiões, na prática não são respeitados. Cabe aos líderes religiosos e seus seguidores buscarem entrar em um acordo comum, através do diálogo, e tratarem do respeito e tolerância, com o objetivo de evitar que a religião seja o motivo dos conflitos. Um exemplo recente de uma atitude alinhada com essa ideia foi a divisão

Relacionados

  • A intolerância na contemporaneidade
    1638 palavras | 7 páginas
  • Conflitos no mundo contemporâneo
    1824 palavras | 8 páginas
  • Religação de saberes: diálogos entre religião afro-brasileira, meio ambiente e práticas de sociabilidades.
    3233 palavras | 13 páginas
  • Intolerancia a liberdade de expressão religiosa na atualidade
    4002 palavras | 17 páginas
  • A religiosidade do brasil contemporâneo
    1407 palavras | 6 páginas
  • Projeto de pesquisa - crimes cibernéticos
    994 palavras | 4 páginas
  • Violencia religiosa - Islamismo, judaismo e cristianismo
    4460 palavras | 18 páginas
  • Reforma protestante: causas e consequências
    10621 palavras | 43 páginas