Intoxicação Exógena

1954 palavras 8 páginas
INTRODUÇÃO

Intoxicação exógena pode ser definida como a consequência clínica e/ou bioquímicas da exposição a substâncias químicas encontradas no ambiente ou isoladas.
Como exemplo, dessas substâncias intoxicantes ambientais, podemos citar o ar, água, alimentos, plantas, animais peçonhentos ou venenosos. Por sua vez, os principais representantes de substâncias isoladas são os pesticidas, os medicamentos, produtos químicos industriais ou de uso domiciliar.
Como a intoxicação é um processo patológico causado por substâncias endógenas ou exógenas, caracterizado por desequilíbrio fisiológico, é importante entender o conceito de intoxicação exógena para diferenciá-la da intoxicação endógena, que ocorre por meio de substâncias produzidas no próprio organismo, seja pelas toxinas de microrganismos infecciosos ou por perturbação metabólica / glandular (auto-intoxicação).

INTOXICAÇÃO POR AGROTÓXICOS Agrotóxicos são produtos químicos utilizados para combater pragas. Também são chamados de praguicidas, pesticidas, defensivos agrícolas, agroquímicos ou biocidas.
Utilização:
• Agricultura: controlar insetos, fungos, ácaros, ervas daninhas, etc;
• Pecuária: no controle de carrapatos, pulgas, mosca-do-chifre, etc;
• Domicílio: para matar pulgões e larvas em plantas, eliminar cupins, ratos, baratas, algas em piscinas, e carrapatos e pulgas em animais.
Todos os agrotóxicos são potencialmente perigosos,

Relacionados

  • Intoxicação exogena
    3764 palavras | 16 páginas
  • Envenenamento por animais peçonhentos
    2492 palavras | 10 páginas
  • Intoxicacao por gases durante o mergulho
    1057 palavras | 5 páginas
  • Seminário de Intoxicação Medicamentosa "Dramin e Plasil"
    2030 palavras | 9 páginas
  • Intoxicação endogena e exogena
    2747 palavras | 11 páginas
  • Homeopatia psora
    3955 palavras | 16 páginas
  • Toxicologia forense
    1184 palavras | 5 páginas
  • Emergência intoxicação exógena
    1780 palavras | 8 páginas
  • Overdose
    1734 palavras | 7 páginas
  • INTOXICAÇÃO POR MERLA
    8899 palavras | 36 páginas