Introdução ao Direito

944 palavras 4 páginas
Trabalho de Introdução ao Direito
Professora: Maria Aparecida Bernardt Laux
Blumenau: 20 de agosto de 2013
Aluna: Susan Tatiana cavaco Scheidt.

Exercício de fixação da matéria: Natureza e Cultura

1. Defina o que é natureza.
Natureza é tudo que nos é dado, o que recebemos sem intervenção humana nenhuma. É o que está pronto e sem mudança, ganhamos pronto. Conceito do SER.

2. Defina o que é cultura.
Tudo que é construído. A partir do momento que há intervenção humana. O homem ao olhar e já julgar através do seu pensamento, já está construindo, e com isso fazendo surgir a cultura. Cada um com julgamentos e pré conceitos diferentes e estabelecidos definem a cultura como um conceito de DEVE SER, isto é, a criação através da
…exibir mais conteúdo…

6. O que são “juízos de valor” (dever ser) e “juízos de realidade” (ser)?
Os juízos de valor, DEVE SER, são estabelecidos através da manifestação do homem com seus pré conceitos, opinião, e através da compreensão desenvolvida por ele na sociedade. Já os juízos de realidade, SER, são as descrições dos fatos por si só, sem julgamento, sem mudanças e opiniões. É o básico conceito do que já existe. 7. Explique a Ética como pautas obrigatórias de conduta.
A ética como conjunto de valores e normas que impõem ações a um grupo, estabelece a pauta obrigatória de conduta para este grupo específico, isto é, as regras a serem cumpridas e respeitadas por seus integrantes.

8. Qual a relação da pirâmide de necessidades de Maslow com o Direito?
A necessidade é natural do ser humano e com isso ele estabelece LEIS para que ele possa GARANTIR estas necessidades assistidas. Através do DIREITOe as LEIS, ele consegue obter a realização que deseja, auto estima, e com isso estar inserido na sociedade, com segurança e saúde. (necessidades fisiológicas) isto porque o DIREITO está diretamente ligado ao conceito de DEVE SER.

9. Diferencie as leis físicas das leis culturais. Exemplifique.
As leis físicas tem como base um plano explicativo descritivo, isto é porque nada se precisa compreender, é apenas

Relacionados

  • Introdução ao direito economico
    1149 palavras | 5 páginas
  • Fichamento Introdução Crítica ao Direito Penal Brasileiro
    4689 palavras | 19 páginas
  • Introdução crítica ao direito penal brasileiro - resumo
    3015 palavras | 13 páginas
  • Exercício de introdução ao estudo do direito
    1836 palavras | 8 páginas
  • Resumo "introdução ao estudo do Direito" - Alisson Leandro Mascaro
    5609 palavras | 23 páginas
  • Direito de Família – Introdução ao direito de família. Princípios. Espécies de família.
    1915 palavras | 8 páginas
  • Questionário do capítulo de Fato jurídico do livro Introdução ao Direito
    746 palavras | 4 páginas
  • Introducao ao direito
    1325 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro de nilo batista - introdução crítica ao direito penal brasileiro
    885 palavras | 4 páginas