JOGOS AFRICANOS E AFRO-BRASILEIROS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: VALORIZANDO A IDENTIDADE NEGRA.

3235 palavras 13 páginas
JOGOS AFRICANOS E AFRO-BRASILEIROS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: VALORIZANDO A IDENTIDADE NEGRA

SANTOS, Daniel dos (UEPG)
Orientador: Nei Alberto Salles Filho

Resumo: Em março de 2003 foi sancionada a lei 10.639 que alterou a LDB tornando obrigatório o ensino da História e cultura afro-brasileira e Africana na educação básica. Nesse sentido se faz necessário um olhar atento dos profissionais de educação física voltado para essa temática, um olhar despido de preconceitos que possa contribuir através de seus conteúdos, para a valorização da identidade negra do educando.

Palavras-chave: Jogos Africanos; Educação Física Escolar; Identidade Negra.

1 Introdução

A representação do negro na sociedade brasileira pautou-se ao
…exibir mais conteúdo…
Por isso, promover debates sobre as causas do preconceito contra os negros é fundamental, bem como ensinar os alunos a buscar respostas no processo histórico brasileiro. "Os estudantes precisam conhecer os motivos pelos quais os negros ainda lutam pela igualdade de direitos e oportunidades".
3 A luta do Movimento Negro

Muitas foram as lutas da população negra em busca de uma sociedade mais justa e igualitária, podemos destacar algumas experiências como a do Movimento Negro Unificado (MNU), que deu origem a protestos e movimentos de rua demonstrando o orgulho negro, denunciando o racismo e exigindo respeito à diferença cultural e racial.Coerentemente com suas reivindicações e propostas históricas, as fortes campanhas empreendidas pelo Movimento Negro possibilitaram ao Estado brasileiro formular projetos no sentido de promover políticas e programas para a população afro-brasileira , valorizando a história e a cultura do povo negro.
Em 2001, foi realizada em Durban, na África do Sul, a 3º Conferência Mundial contra o racismo, a discriminação, a xenofobia e formas correlatas de intolerância, o Estado Brasileiro comprometeu-se a eliminar o racismo e a discriminação racial no país, tornando-se signatário da Declaração e do Plano de Ação resultantes desta conferência. Entre os resultados, a Lei n◦ 9.394/96 foi alterada por meio da inserção dos artigos 26-A e 79-B, referidos na Lei n◦ 10.639/2003, que tornou obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-Brasileiras

Relacionados