Lelé arquiteto argamassa armada

2859 palavras 12 páginas
Arquiteto: Lima, João Filgueiras, o Lelé (1932)

Técnica abordada: Argamassa armada e centro de pesquisa do material.

Biografia:

João Filgueiras Lima (Rio de Janeiro RJ 1932). Arquiteto, urbanista, construtor. Forma-se em 1955 na Escola Nacional de Belas Artes - Enba, no Rio de Janeiro. Recém-formado, trabalha como desenhista no Instituto dos Aposentados e Pensionistas - IAP, e em 1957 recebe a incumbência de desenvolver e acompanhar a construção dos alojamentos de operários em Brasília. Mudando-se para a futura capital do Brasil, em início de construção, Lelé envolve-se na pesquisa de componentes industriais para obras em grande escala, estudo que o leva, em seguida, a viagens para países do bloco socialista europeu. Entre meados dos anos 1960 e início dos 1970, realiza seus primeiros projetos autorais: a residência para a embaixada da África do Sul, 1965, e as sedes das montadoras Disbrave-Volkswagen, 1965, Planalto Automóveis-Ford, 1972, e Codipe-Mercedes Benz, 1973, todos em Brasília. Usando os sistemas pré-fabricados de construção em série, esses projetos demonstram sua capacidade de especulação formal para componentes de concreto armado, consolidando uma linguagem própria. Suas primeiras fábricas de pré-moldados são montadas em Salvador, em 1979, para projetos urbanos criados pelo prefeito Mario Kertész (1945).

Procurando otimizar o transporte das peças e o trabalho nos canteiros de obras, desenvolve estudos com um material mais leve: a argamassa

Relacionados

  • a casa de arcos
    758 palavras | 3 páginas
  • A Arquitetura bioclimática
    4149 palavras | 17 páginas
  • Trabalho de conclusão de curso - Arquitetura e Urbanismo
    10854 palavras | 44 páginas
  • Estrutura de concreto armado
    15774 palavras | 64 páginas
  • Centro de Reabilitação - Arquitetura
    6822 palavras | 28 páginas