Lesões do Clarinetista

2165 palavras 9 páginas
LESÕES MUSCOLOSQUELÉTICAS NO CLARINETISTA

LESÕES MUSCOLOSQUELÉTICAS NO CLARINETISTA
Origens e Prevenção

Patrícia Pereira Camelo, 10762

Colégio Mateus D’Aranda
Pós Graduação em Ensino da Música
Disciplina: Didática de Àrea Específica
Docente do tema: Professora Doutora Ana Telles Bereau
Ano Lectivo 2013/ 2014

1

LESÕES MUSCOLOSQUELÉTICAS NO CLARINETISTA

2

ÍNDICE
Introdução

Pág. 3

I- Lesões nos Músicos
- LMELT mais comum nos músicos

Pág. 4
Pág. 4

II- Origem das Lesões nos clarinetistas
- Problemas relacionados com o instrumento

Pág. 7
Pág. 7

III- Prevenção de LMELT
- Postura correcta
- Flexibilidade e Alongamentos

Pág.11
Pág.11
Pág.12

Conclusão

Pág.14

Referências

Pág.15

LESÕES MUSCOLOSQUELÉTICAS NO CLARINETISTA

INTRODUÇÃO
Quando comecei a estudar clarinete, lembro-me bem de comungar com os meus colegas das típicas dores de lábios, deformações no polegar direito, dores no pulso e dormência de alguns músculos faciais. Talvez por ter começado com 12 anos, não desisti imediatamente do clarinete, mas muitos colegas meus mais novos, não tinham ainda capacidade física para sustentar o peso do instrumento e acabaram por desistir. Agora, a um nível superior, com uma pressão psicossocial maior e carga de estudo acrescentada, as dores voltaram a aparecer, e com elas a preocupação em corrigir o que estava errado e consciencializar os meus colegas e alunos para estas questões.
Pretendo então, com este

Relacionados