Loft

1407 palavras 6 páginas
Habitação Multifamiliar

A construção da habitação multifamiliar em São Paulo data dos anos de 1910 e 1920 eram habitadas por inquilinos menos ricos, quando comparados à burguesia cafeeira, que vinha trocando as propriedades rurais, no interior do estado, pela visibilidade e o refinamento de palacetes urbanos. Atraídos pela imagem de um modo moderno de habitar, os apartamentos foram adquiridos, sobretudo, somente nos anos de 1930, por uma parcela mais culta e mais abastada da população e repetiam em suas plantas as soluções das casas térreas. Com a promulgação da Lei do Inquilinato, logo no início da década 40, a construção de apartamentos para aluguel deixava de ser interessante aos investidores, que preferiram se concentrar em obras destinadas às classes mais altas, comercializando propostas que enfatizavam a infraestrutura e a localização da edificação.
Apartamentos espaçosos foram construídos nas proximidades da Avenida Paulista nos anos de 1950, combinando, em determinados casos, habitações, comércios e serviços como o Conjunto Nacional, do arquiteto David Libeskind e o edifício COPAN, de Oscar Niemeyer e colaboração de Carlos Alberto Cerqueira Lemos, que possui 1.160 apartamentos distribuídos em seis blocos, sendo um dos primeiros a comercializar unidades conhecidas como kitchenettes. As diferentes tipologias no edifício COPAN são distribuídas por blocos, de modo que o Bloco A possui 64 apartamentos de dois dormitórios, os Blocos C e D 128 apartamentos de três

Relacionados

  • Lofts
    1824 palavras | 8 páginas
  • TRABALHO LOFT M2
    4411 palavras | 18 páginas
  • Tipologia, Inovação e Flexibilidade
    2272 palavras | 10 páginas
  • TIPOS LOUÇAS SANITARIAS E FABRICACAO
    1162 palavras | 5 páginas
  • Edifício Multifuncional
    1208 palavras | 5 páginas
  • manual solidworks chapas
    10715 palavras | 43 páginas
  • Puerto Madero
    1643 palavras | 7 páginas
  • Resumo do livro O PÓS-MODERNISMO NA CIDADE: ARQUITETURA E PROJETO URBANO
    1909 palavras | 8 páginas