Logística

4481 palavras 18 páginas
Observando-se a cadeia de suprimentos das empresas, vemos que a mesma começa no fornecedor das matérias-primas, passando pelo fluxo de transformação dessa mesma matéria-prima, chegando finalmente à ponta de consumo, com os clientes finais. Pode-se imaginar então que, uma vez bem otimizados os investimentos em estoques, e a partir de então bem administrá-los tanto em termos de negociações e estratégias de aquisição, quanto em termos de dimensionamento dos estoques e projeto de sistemas de distribuição, resultará em uma significativa redução dos níveis de estoques, com elevados ganhos para as empresas. Conclui-se que:
I) O objetivo deve ser o da manutenção a todo custo do lucro sobre o que foi investido em recursos de transformação e recursos a serem transformados, mesmo que não se garanta a eficácia (atender às necessidades dos clientes).

II) Os administradores tem, a respeito dos estoques, atitudes diversas, uma vez que os recursos a serem transformados (materiais principalmente) ou bens produzidos, quando estocados exigem um grande investimento de capital, além de existir o risco de atingir a “vida” ou tempo de validade do produto, ou uma coleção que sobra ao término de uma estação climática, e precisando de armazéns adequados e controlados parta evitar perdas.

III) Todas as operações podem existir sem os estoques, pois não existe risco de acontecer transformações para ambientes complicados e mutantes.

IV) Estoques são um elemento

Relacionados

  • Logística............
    7322 palavras | 30 páginas
  • Logística
    1957 palavras | 8 páginas
  • Logistica
    829 palavras | 4 páginas
  • Logistica
    3818 palavras | 16 páginas
  • logistica
    1518 palavras | 7 páginas
  • logistica
    934 palavras | 4 páginas
  • Logística
    8106 palavras | 33 páginas