Lucíola - José de Alencar

2919 palavras 12 páginas
INSTITUTO ADVENTISTA DE MANAUS

ANÁLISE LITERÁRIA DA OBRA LUCÍOLA DE JOSÉ DE ALENCAR

MANAUS
2013

NATÁLIA OLIVEIRA DE SOUZA

ANÁLISE LITERÁRIA DA OBRA LUCÍOLA DE JOSÉ DE ALENCAR

MANAUS
2013

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO...................................................................................................03
1. ENREDO........................................................................................................ 04
2. ANÁLISE DOS PERSONAGENS................................................................ 05
3. TEMPO: CRONOLÓGICO E PSICOLÓGICO............................................ 07
4. ESPAÇO: RURAL OU
…exibir mais conteúdo…
Para Paulo não parecia ser aquela mulher a que havia visitado e dormido com a mesma. Estava agora de um jeito repugnante e vulgar perante todos. Não era mais a jovem meiga que conhecera na festa da Glória mas sim Lucíola, a prostituta mais cobiçada no Rio de Janeiro.
Depois de um tempo Lúcia se arrependeu e eles reconciliaram-se. Paulo a amava desesperadamente de uma forma mui bela e pura. Ela passou a reconhecer esse amor e decidiu sair desta vida de prazeres e dedicar a alma completa a ele.
Decidiu vender sua mansão luxuosa e assim comprar uma humilde e modesta casa que tinha uma enorme natureza como quintal. Foi então que ela decidiu cntar-lhe sua verdadeira história. Seu nome verdadeiro era Maria da Glória, e em 1850 houve uma peste de febre amarela que levou muitos a ficarem doentes inclusive sua família. Seus pais e irmãos estavam todos acamados e somente ela e sua tia escaparam. A família era muito pobre e não tinham condições de comprar ao menos um remédio para sua cura. Foi então que ela com apenas 14 anos de idade, decide sair para pedir algum tipo de dinheiro ou trabalho para que pudesse sustentar a sua família. Então ela inocentemente deixou-se ser usada por Couto, um senhor rico que em troca dos prazeres pagaria os medicamentos e sustentos que sua família precisasse. Ao seu pai descobrir expulsou-a de casa. Assim ela passou a morar com Jesuína que passou a lhe dar moradia e ainda assim ajudar sua família. Conheceu uma amiga que se chamava Lúcia, porém

Relacionados

  • Lucíola - josé de alencar : prostituição, definição e conceitos.
    2371 palavras | 10 páginas
  • Um estudo sobre a obra “lucíola” de josé de alencar: repensando a intertextualidade e analisando a estética romântica.
    2410 palavras | 10 páginas
  • Divisão dos romances
    976 palavras | 4 páginas
  • Luciola
    470 palavras | 2 páginas
  • Prosa romantica
    2253 palavras | 10 páginas
  • Prova de Romantismo
    1439 palavras | 6 páginas
  • Ficha de leitura sobre o Livro Lucíola
    1250 palavras | 5 páginas
  • O romantismo em portugal
    4758 palavras | 20 páginas
  • Análise de livro- “cinco minutos”, josé de alencar
    985 palavras | 4 páginas
  • O Sertanejo - José de Alencar [Romantismo]
    1404 palavras | 6 páginas