MARIA DA CONCEIÇÃO EVARISTO: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NEGRA

2961 palavras 12 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

GRAZIELA DOURADO DE OLIVEIRA SOUSA
LORENA URBANO

MARIA DA CONCEIÇÃO EVARISTO:
A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NEGRA

Salvador
2012

GRAZIELA DOURADO DE OLIVEIRA SOUSA
LORENA URBANO

MARIA DA CONCEIÇÃO EVARISTO :
A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NEGRA

Trabalho apresentado como avaliação parcial à disciplina Etnicidade e Literatura Brasileira, ministrada pela Professora Shagaly no semestre 2012.1.

Professora Shagaly

Salvador
2012

A representação da mulher negra por Maria da Conceição Evaristo

RESUMO: Este trabalho relata um pouco da vida e obra da escritora Maria da Conceição Evaristo, uma mulher negra, de origem humilde, cuja longa trajetória de vida resultou numa escrita que recorre à memória de seus antepassados, como uma forma de reformular o passado e não permitir que ele caia no esquecimento. Ela quebra tabus e traz a mulher negra ocupando papeis que antes a literatura brasileira reservava as mulheres brancas: o de mãe, líder espiritual, detentora do conhecimento e da memória.
Palavras-chave: Conceição Evaristo; Memória; Mulher; Negra.

INTRODUÇÃO

A escritora Maria de Conceição Evaristo, mineira de Belo Horizonte, nasceu no dia 29 de novembro de 1946, numa favela no alto da Avenida Afonso Pena. Morou em Belo Horizonte até 1971, quando se mudou para o Rio de Janeiro, onde reside

Relacionados