MURO DE ARRIMO

1321 palavras 6 páginas
MURO DE ARRIMO

De acordo com Valente os muros de arrimo ou de gravidade são obras de contenção que tem a finalidade de estabelecer o equilíbrio da encosta através de seu peso próprio, suportando os empuxos do maciço. O atrito de sua base contra o solo deve ser suficiente para assegurar a estabilidade da obra e sua geometria trapezoidal destina-se a evitar o tombamento por rotação em torno da aresta externa da base.
São indicados em situações de solicitações reduzidas já que, para atender a esforços elevados, passam a demandar maior espaço para a implantação da base e podem-se tornar economicamente inviáveis, pelo alto custo de sua execução.
Exigem projetos específicos e em função da complexidade de cada situação, poderão demandar a execução de estudos geotécnicos necessários à escolha e ao correto detalhamento da solução.
Em boas condições de fundação, podem-se utilizar muros rígidos (pedra rachão, concreto e outros tipos). Se a fundação pode deformar, é recomendável o uso de muros flexíveis, como gabião.
2.1 Materiais empregados para construção de muros de arrimo
• Alvenaria de pedras ou tijolos

Muro em Valença, Portugal.

• Concreto simples, ciclópico ou armado
O concreto ciclópico é feito com agregado graúdo, material de alto peso específico.
• Aço
– Tiras metálicas: terra armada;
– Cordoalhas: tirantes.

Montagem de tirante: cordoalha
• Blocos pré-fabricados

Muro de arrimo feito com blocos pré-fabricados
• Gabiões

2.1 Tipos de muros de arrimo

Os muros de arrimo

Relacionados