Maize

1689 palavras 7 páginas
1 – Explique os três passos da experiência filosófica. O primeiro passo, estranhamento ou deslocamento, trata-se de uma circunstância em que uma pessoa passa a pensar ou observar o que antes não, saindo do seu padrão normal por uma quebra ou interrupção no fluir normal ou automático da vida. No segundo passo, questionamento ou indagação, inicia um processo de especulação do tema que chamou atenção. O terceiro passo, resposta filosófica, é o resultado do estranhamento e indagação com carácter universal, coerente e claro, sendo então, uma resposta à situação considerada para todos e não qualquer resposta. 2 – A atividade filosófica é uma “experiência” que tem suas peculiaridades. Trata-se de uma “maneira” um pouco diferente …exibir mais conteúdo…

Para ele tudo é matéria? Como sua concepção da realidade determina seu entendimento do que é ser feliz? Para Epicuro tudo era matéria, o universo inteiro era constituído dela, inclusive a alma humana, sendo assim, felicidade era o resultado da satisfação dos prazeres, e era fundamentalmente isso. Essa sensação no ser humano, de felicidade, é sentir prazer. 12 – Em que sentido se afirma que a concepção de felicidade de Epicuro contrapõem-se à de Aristóteles e, especialmente, à de Platão? A concepção de felicidade de Epicuro se diferenciava de Aristóteles e Platão por sua linha de pensamento que dizia que tudo no mundo era matéria e no ser humano, sensação. E que, enquanto Platão e Aristóteles valorizavam contemplação intelectual, mesmo que para Aristóteles ainda seja associada o poder de bens materiais, para Epicuro a simples satisfação dos desejos humanos, moderadamente, resultaria a felicidade. 13 – Em que aspectos o caminho epicurista da felicidade parece dar uma guinada intelectualista ou racionalista? A moderação dos prazeres poderia trazer, talvez, certa insatisfação, desprazer e infelicidade. Então para os epicuristas, o racionalismo era importante para escolher caminhos que não levariam ao infortúnio. Nesse aspecto se vê uma guinada no intelectualismo, que conduziria o indivíduo à autarquia e ascenderia a ataraxia. 14 – Como o estoico concebe a realidade? O estoico concebe realidade como um universo ordenado e

Relacionados

  • DÉFICIT HÍDRICO E OS PROCESSOS MORFOLÓGICO E FISIOLÓGICO DAS PLANTAS
    7738 palavras | 31 páginas
  • Pragas de doenças do milho (zea mays)
    3770 palavras | 16 páginas
  • Referências bibliográficas do amido
    978 palavras | 4 páginas
  • Como as Plantas Reagem ao Estresse Hídrico
    1165 palavras | 5 páginas
  • Trabalho de Alimentos Transgênicos
    1987 palavras | 8 páginas
  • Composição centesimal bromatologia
    2396 palavras | 10 páginas
  • FBN - Fixaçao Biologica do Nitrogenio na Cultura do Milho
    2605 palavras | 11 páginas
  • Isolamento de protoplasto
    3724 palavras | 15 páginas
  • PARECER DESCRITIVO eliane
    3607 palavras | 15 páginas