Manifestação a Impugnação de justiça gratuita

1208 palavras 5 páginas
EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE INDAIATUBA – SÃO PAULO.

Processo n.°

, já devidamente qualificado nos autos em epígrafe, por sua advogada e procuradora, vem respeitosamente a Vossa Excelência, apresentar CONTESTAÇÃO A IMPUGNAÇÃO

pelos motivos de fato de direito que passa a expor:
Impugna a requerida, o pedido de concessão de justiça gratuita requerido na exordial pelo Requerente, com fundamento deste possuir condições de arcar com as custas e despesas judiciais do processo.

No entanto, faz-se necessário tecermos algumas considerações.

Primeiramente, para a obtenção do benefício a assistência judiciária gratuita, o requerente tem que preencher os requisitos legais, com fulcro no art. 5º, inciso LXXIV da CF/88 e na Lei nº 1.060/50.

Na exegese do parágrafo único, do art. 2º, da referida lei supra mencionada, tem se o conceito de necessitado: “Parágrafo único. Considera-se necessitado, para os fins legais, todo aquele cuja situação econômica não lhe permita pagar as custas do processo e os honorários de advogado, sem prejuízo do sustento próprio ou da família.”

Assim, conclui-se que, não importa se o requerente possui patrimônio, rendimentos, se constituiu advogado particular ou está na absoluta miséria para que seja acatado o pedido. Mister se faz que, no momento, não possua condições de arcar com as custas e os honorários, sem prejuízo próprio ou de sua

Relacionados

  • Mandado de segurança suspensão leilão avaliação de imovel
    2145 palavras | 9 páginas
  • AGRAVO INSTRUMENTO
    2703 palavras | 11 páginas
  • Pedido de reconsideração
    2513 palavras | 11 páginas
  • interdição
    2564 palavras | 11 páginas
  • Princípio da Proteção Judiciária
    5404 palavras | 22 páginas
  • CONTESTA O TRABALHISTA MODELO COMENTADO
    6409 palavras | 26 páginas
  • Modelo de usucapião especial urbano
    1921 palavras | 8 páginas
  • Réplica à contestação e manifestação ao laudo médico pericial - d. previdenciário
    2198 palavras | 9 páginas