Marxismo e os jogos vorazes.

2188 palavras 9 páginas
Marxismo e os Jogos Vorazes.
Apresentado comercialmente em 2012 como um sucessor de blockbusters adolescentes como Crepúsculo e Harry Potter, o filme Jogos Vorazes (do original Hunger Games), dirigido por Gary Ross e baseado na série de livros da escritora Suzanne Collins, apresenta um enredo sociologicamente muito mais denso – e próximo do publico enquanto metáfora da realidade social – que as duas franquias previamente citadas, dialogando diretamente com as teorias sociais de conflito. Para analisar o contexto do filme enquanto metáfora para a realidade social, farei um paralelo dele com o pensamento do filósofo Karl Marx (1818-1883), em especial a obra Manifesto Comunista (Penguin Books, 2012) e algumas questões-chaves da teoria
…exibir mais conteúdo…
A sociedade de Panem reproduz sua luta de classes na forma dos Jogos Vorazes, onde representantes dos Doze Distritos – doze estratos diferentes da sociedade disputando em um ambiente reduzido e hostil pela sua sobrevivência. Neste ambiente, vemos pela perspectiva da protagonista – oriunda de um distrito de mineiros de carvão – que, num mesmo ambiente e sob as mesmas regras e limitações, as diferenças de classe se fazem notar no nível de treinamento entre os participantes, tempo ocioso para preparo especializado, melhor educação para sobrevivência e melhor nutrição. Seus próprios corpos são, não apenas o único bem que possuem, como estes corpos não lhes pertencem mais: são agora valor especulativo nas mãos dos chamados “patrocinadores” – indivíduos da casta dominante da Capital que são uma mistura de espectadores ativos (como os indivíduos que ligam para os Reality Shows como Big Brother para exercerem influência sobre o jogo) e “mecenas”. Eles avaliam a partir de uma “aura” intangível o valor dos participantes e mandam presentes, comida, curativos e armas para os seus escolhidos.
Podemos compreender os patrocinadores e os membros da Capital como um desdobramento distópico da nossa atual classe burguesa, uma vez que ela expressa sua relação na determinação de valor de troca e mercantilização . Observamos isso em outra passagem do Manifesto:
“[...] a burguesia destruiu todas as relações feudais,patriarcais,

Relacionados