Matrizes nodia a dia

2326 palavras 10 páginas
MATRIZES NO DIA-A-DIA

ACADÊMICO Ketler Raquel Cipriani
Professor: Evaldo de Oliveira
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Curso de Licenciatura Plena em Matemática
09/11/2012

RESUMO

As matrizes, como diversos outros conteúdos da matemática, causam certa estranheza nos alunos. Isto se deve ao fato de que as ciências exatas são mais complexas e muitas vezes os educadores não demonstram aos seus alunos qual a aplicabilidade real daquele conteúdo. Estudar matrizes é importante e para que os alunos passem a considerar este assunto significativo, faz-se necessário expor as formas como as matrizes são aplicadas no dia-a-dia das pessoas e sua importância nos mais diversos setores.

Palavras-chave: Matrizes;
…exibir mais conteúdo…
O cliente que locar um carro pode devolvê-lo em qualquer uma das lojas. A locadora fez estatística que indica que 80% dos carros locados na loja L 1 são aí devolvidos, e que 60% dos alugados na loja L 2 são lá entregues. Sendo x 0 , y 0 os percentuais de carros que hoje estão nas lojas L 1 e L 2 , deseja-se saber os percentuais x 1 e y 1 de carros que estarão nessas lojas no dia de amanhã. Solução: É fácil ver que: x 1 = carros vindos da própria L 1 + carros vindos da L 2 = 0.80 x 0 + 0.40 y 0 y 1 = carros vindos da L 1 + carros vindos da própria L 2 = 0.20 x 0 + 0.60 y 0 Os cálculos para determinar x 1 e y 1 são muito parecidos, o que sugere dar-lhes um tratamento simultâneo, matricial.

A partir de dados expostos, as matrizes se organizam através de dados e colunas, deixando os resultados mais claros e objetivos. Na atualidade, encontramos inúmeras dificuldades para o ensino de matrizes em sala de aula.

No que concerne ao processo de ensino-aprendizagem de matrizes, podemos inferir que este se caracteriza pela utilização de regras que, de um modo geral, apresentam-se completamente desvinculadas da realidade dos alunos. O ensino de matrizes apresenta-se em total descompasso com os avanços tecnológicos e com os estudos já realizados pela Psicologia Educacional. (SANCHES, 2002, p.6)

Segundo o

Relacionados