Medicamentos genéricos

9989 palavras 40 páginas
INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é analisar o setor farmacêutico a partir da entrada, no mercado, dos medicamentos genéricos. Para tanto, analisamos individualmente a história da Indústria Farmacêutica no Brasil, desde sua origem até a presente data. Em seguida, focamos a atenção para a competitividade existente no mercado farmacêutico e os impactos da entrada dos medicamentos genéricos. Analisamos as conseqüências para o segmento, consumidores e influência do papel do Estado e da sociedade para o sucesso desse novo produto. No ano de 1999, o mercado brasileiro de remédios foi modificado com a entrada dos medicamentos genéricos. Estes, sem marca fantasia e reconhecidos apenas pelos seus agentes ativos, tornaram-se a alternativa aos remédios tradicionais, cujas características mais conhecidas são o laboratório produtor e a marca fantasia. Atualmente, o gasto médio da população de baixa renda com a manutenção de sua saúde consome grande parte de sua renda. Uma alternativa para esse público que precisa de tratamento com medicamentos eficazes foi a implantação dos medicamentos genéricos. No decorrer do estudo serão observados os aspectos benéficos que essa novidade trouxe; por outro lado, os problemas do setor farmacêutico de genéricos vão desde a falta de esclarecimentos à população, acerca de que tipos de medicamentos devem ser utilizados no tratamento de determinadas doenças até o conhecimento da substância ativa de um medicamento,

Relacionados

  • medicamentos genericos trabalho deontologia 1
    1475 palavras | 6 páginas
  • Medicamentos - generico, nome comercial, via e função
    1360 palavras | 6 páginas
  • Medicamentos manipulados
    956 palavras | 4 páginas
  • Lei 9787/99 - deontologia de assistencia farmaceutica
    931 palavras | 4 páginas
  • Relatório de estágio em medicamentos
    4353 palavras | 18 páginas
  • Atividades principais e acessórias de comercialização de mercadoria
    931 palavras | 4 páginas
  • Furosemida: aspectos gerais, dissolução e farmacocinética.
    5016 palavras | 21 páginas
  • Resolução - rdc nº 37, de 3
    943 palavras | 4 páginas