Medicamentos manipulados

956 palavras 4 páginas
Tema: Medicamentos Manipulados.
Introdução: Medicamentos manipulados são feitos em uma farmácia de manipulação autorizada pela Vigilância Sanitária e contém o princípio ativo e a dose definida pelo médico que prescreveu.
As farmácias de manipulação apresentam estes medicamentos como alternativos às doses padrões disponibilizados pela indústria, ou seja, existe a possibilidade de personalização da dose ou mesmo da combinação de princípios ativos em uma única cápsula.
Atualmente, pode-se manipular praticamente qualquer medicamento e obter alternativas para vários problemas de saúde.
Nas farmácias de manipulação além de cápsulas também se manipula cremes, talcos, xampus, sabonetes, florais, entre outros.
A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), juntamente com a vigilância sanitária local e estadual são os principais órgãos responsáveis pela autorização, normatização, funcionamento e fiscalização das farmácias de manipulação.
Justificativa: Escolheu-se este tema, para poder demonstrar à comunidade a diferença e a importância entre medicamentos manipulados dos demais medicamentos industrializados.
Esclarecer para população que a maior diferença relacionada sob estes medicamentos é o custo benefício.
A importância de o consumidor confiar e fiscalizar se a farmácia de manipulação onde adquire seus medicamentos esta sob normas e condições sanitárias legais.
O interesse pelos medicamentos, a forma manual e artesanal de fabricá-los, o uso da minha família com

Relacionados

  • Design de interiores unip
    8456 palavras | 34 páginas
  • Prescrição médica
    1026 palavras | 5 páginas
  • Analise ergonomico do técnico de enfermagem
    1720 palavras | 7 páginas
  • A evolução da regulamentação da propaganda e publicidade de medicamentos no brasil: rdc 96/08 versus rdc 102/00
    7419 palavras | 30 páginas
  • Estudo de caso da farmacia homeopatica quintessencia
    6157 palavras | 25 páginas
  • Questionário Farmacologia - Prova Anhanguera
    579 palavras | 3 páginas
  • Formas farmacêuticas especiais
    4654 palavras | 19 páginas
  • RECURSO ADMINISTRATIVO CONTRA CRF
    871 palavras | 4 páginas