Memórias de um delírio

1903 palavras 8 páginas
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ
ESCOLA DE SAÚDE E BIOCIÊNCIAS
CURSO DE PSICOLOGIA

MEMÓRIAS DE UM DELIRIO: Confissões de um Esquizofrênico

CURITIBA
2014

Introdução

O livro trás em sua ideia inicial como é a vida de um esquizofrênico, suas crises, internações, etc. A vida até então “normal” de Luciano se transforma em incertezas, assim como a de sua família que o acompanha diretamente. O livro mostra uma ideia totalmente diferente da nossa realidade, ao romper estereótipos a respeito de usuários de drogas, relações familiares, construção de identidade, nos leva a olhar o problema como um todo, tanto o olhar para o próprio Luciano, quanto das pessoas que fazem parte de seu convívio.
Além disso, a história trás uma importante discussão sobre o “eu”, que é percebida principalmente em seus momentos de delírios, euforia, depressão, e de recuperação da realidade. O esquecimento de Luciano ao lhe poupar a dor da culpa e arrependimento, o castiga de certa forma ao não poder controlar cada situação da forma como gostaria, evitando acontecimentos que lhe trouxeram uma dor definitiva e profunda, como no caso do divorcio de seu casamento, entre outras experiências. Por outro lado, deixa claro o novo aprendizado com a convivência de seus limites, lidando com eles através de esperança para retomar seus sonhos.

Resumo

O livro conta a história de Luciano F. Barros, um homem brilhante em tudo que

Relacionados

  • Psicopatologia e implicações forenses
    1780 palavras | 8 páginas
  • Resumo psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais - paulo dalgalarrondo
    5882 palavras | 24 páginas
  • definição da consciencia
    1671 palavras | 7 páginas
  • Tabela das funções psiquicas
    3680 palavras | 15 páginas
  • resumo base para psicologia de testemunho
    2761 palavras | 12 páginas
  • Resumo Caso Schreber
    1848 palavras | 8 páginas
  • Alucinações e delírios
    1298 palavras | 6 páginas