Memorial de minha infancia

1455 palavras 6 páginas
Encontro-me no ano de 2010 com o grande desafio de escrever meu Memorial de Infância, uma exigência para concluir o Curso de Extensão Universitária EAD – A brinquedoteca e o brincar na escola: O enriquecimento do aprender na Educação Infantil e no Ensino Fundamental (Modulo I) do Centro Universitário Claretiano - Batatais -SP
Eunice

1. INTRODUÇÃO
Refletindo sobre o que diz Bosi (1995)

Na maior parte das vezes, lembrar não é reviver, mas refazer, reconstruir, repensar, com imagens e idéias de hoje, as experiências do passado. A memória não é sonho, é trabalho. (Bosi, 1995:55)

Ah, quem dera poder voltar a ser criança! ...Quem não gostaria não é mesmo? A infância para mim é lembrada com alegrias, emoções e muitas saudades.
Neste memorial irei destacar algumas lembranças de brincadeiras e dos brinquedos que constituíram minha infância e que considero relevantes.
Desde os tempos mais remotos, o homem já possuía uma imensa sabedoria. Sabia que a brincadeira era muito importante para o desenvolvimento integral do ser humano. A brincadeira continua presente em nossas vidas desde o nascimento até a fase adulta, é a forma mais agradável de expressarmos a liberdade e o prazer.
1.1 O que é brinquedo?
Para a autora KISHIMOTO (1994) o brinquedo é compreendido como um "objeto suporte da brincadeira", ou seja, brinquedo aqui estará representado por objetos como piões, bonecas, carrinhos etc. Os brinquedos podem ser considerados: estruturados e não

Relacionados

  • Memorial Descritivo de Arquitetura
    1834 palavras | 8 páginas
  • Memorial da minha vida escolar
    723 palavras | 3 páginas
  • INFÂNCIA E SOCIEDADE: O Conceito de Infância
    2791 palavras | 12 páginas
  • Memorial de apresentação
    918 palavras | 4 páginas
  • Relatorio de observacao: Terceira Infancia
    6363 palavras | 26 páginas
  • Memorial de Maria Moura
    2910 palavras | 12 páginas
  • Fichamento "as concepções de infância"
    931 palavras | 4 páginas
  • Memorial de calculos
    3024 palavras | 13 páginas
  • Memorial da infância
    957 palavras | 4 páginas