Menoridade Humana- Imannuel Kant

808 palavras 4 páginas
Immanuel Kant e a menoridade humana Em virtude do compatível otimismo iluminista com a proposta deste blog, em relação à possibilidade do homem seguir por sua própria razão, cita-se abaixo, trechos da filosofia Kantiana sobre a menoridade humana: Immanuel Kant ou Emanuel Kant (Königsberg (atual Kaliningrado), 1724 até 1804) foi um filósofo prussiano, geralmente considerado como o último grande filósofo dos princípios da era moderna, indiscutivelmente um dos pensadores mais influentes. Kant define a palavra esclarecimento como a saída do homem de sua menoridade. Segundo esse pensador, o homem é responsável por sua saída da menoridade. Kant define essa menoridade como a incapacidade do homem de fazer uso do seu próprio …exibir mais conteúdo…
Para este esclarecimento, porém, nada mais se exige senão liberdade. E a mais inofensiva entre tudo aquilo que se possa chamar liberdade, a saber: a de fazer um uso público de sua razão em todas as questões. Ouço, agora, porém, exclamar de todos os lados: não raciocineis! O oficial diz: não raciocineis,

Relacionados

  • Questões sobre Kant
    1207 palavras | 5 páginas
  • Comparação entre o texto de Kant (“Que é Esclarecimento?”) e o de Platão (“A República”).
    848 palavras | 4 páginas
  • A ética de kant
    1544 palavras | 7 páginas
  • Razão e Emoção - Kant
    374 palavras | 2 páginas
  • A PRINCIPAL TEORIA DE IMMANUEL KANT A TEORIA DO CONHECIMENTO
    1373 palavras | 6 páginas
  • Kant - maioridade
    402 palavras | 2 páginas
  • Immanuel kant: deontologia e criticismo
    1397 palavras | 6 páginas
  • Filosofia KANT
    2183 palavras | 9 páginas
  • A filosofia de immanuel kant
    1416 palavras | 6 páginas