Metabólitos Secundários e os Mecanismos de Alelopatia

2600 palavras 11 páginas
Metabólitos Secundários e os Mecanismos de Alelopatia

Revisão de Literatura

Há muito, sabe-se que algumas espécies de plantas podem prejudicar o desenvolvimento de outras que crescem em sua proximidade, e a explicação era de que se tratava de mais um dos fenômenos inexplicáveis que ocorrem na natureza (SILVA et al, 2002). Porém, na década de 30, o termo alelopatia foi cunhado pela primeira vez por Hans Molisch, a partir das palavras gregas allelon (mútuo) e pathos (prejuízo) (FERREIRA E AQUILA, 2000 apud MULLER et al, 2007) e definido oficialmente, em 1996, pela Sociedade Internacional de Alelopatia como “A ciência que estuda qualquer processo envolvendo essencialmente, os metabólitos secundários produzidos pelas plantas, algas, bactérias, e fungos que influenciam o crescimento e desenvolvimento de sistemas agrícolas e biológicos, incluindo efeitos positivos e negativos” (MACIAS, et al 2000).
DURIGAN e ALMEIDA (1993) relatam que para uma melhor compreensão da alelopatia, é indispensável o conhecimento da natureza química dos compostos intervenientes. Pesquisadores dedicados ao estudo das substâncias alelopáticas ou dos produtos secundários, como também são chamadas, têm se esforçado em isolar e identificar as suas estruturas químicas. Sabendo-se, no entanto, que um mesmo organismo produz diversos aleloquímicos e que entre eles se desencadeiam diversas interações, os sintomas que se observam são determinados pelo conjunto de seus efeitos, tornando-se difícil,

Relacionados

  • Metabolismo secundário de vegetais
    3744 palavras | 16 páginas
  • Mecanismos De A O E Efeitos Da Fisioterapia No Tratamento Da Dor
    3873 palavras | 16 páginas
  • OS TRANSFORMADORES ELEVADORES E ABAIXADORES DE TENSÃO
    1312 palavras | 6 páginas
  • Resistência à fluência: aspectos gerais, mecanismo do fenômeno e exemplos de materiais
    4875 palavras | 20 páginas
  • FITORMÔNIOS RELACIONADOS COM OS MECANISMOS DE CRESCIMENTO E REPRODUÇÃO HUMANOS.
    2313 palavras | 10 páginas
  • Os ideais de igualdade e fraternidade
    5511 palavras | 23 páginas
  • Mecanismos de ruptura e estudo da fragmentação da rocha
    1822 palavras | 8 páginas
  • Resumo de "Os estabelecidos e os outsiders" de Norbert Elias e Scotson
    2061 palavras | 9 páginas
  • Mecanismo de ação de anticoagulantes
    3378 palavras | 14 páginas
  • A CORROSÃO DO CARÁTER E OS MECANISMOS ALIENANTES DOS PROCESSOS DE TRABALHO NO CAPITALISMO TARDIO
    278 palavras | 2 páginas