Mineralogia zinco

5594 palavras 23 páginas
Universidade Federal de Minas Gerais – Mineralogia III

Zinco no Brasil e no Mundo

SUBTEMA: Comportamento dos minerais a grandes pressões e temperaturas (manto inferior)

Grupo: João Victor Araujo

Julia de Souza Pimenta

Lívia Chaves de Menezes Alves

Professora: Patrícia Sgarbi

Zinco no Brasil e no Mundo

1. Mineralogia e Petrografia

O zinco é um metal de cor branco-azulada, forma cristalina hexagonal compacta, número atômico: 30, peso atômico: 65,38, densidade (a 25°C): 7,14, dureza: 2,5 (escala de Mohs), ponto de fusão: 419°C (à pressão de 760mm de Hg) e ponto de ebulição: 920°C.

O zinco é encontrado na natureza principalmente sob a forma de sulfetos, associado ao chumbo, cobre, prata e ferro (galena, calcopirita, argentita e pirita, dentre outros). O minério sulfetado de zinco está sujeito a grandes transformações na zona de oxidação formando óxidos, carbonatos e silicatos. As mineralizações ocorrem, principalmente, nas rochas calcárias que são as hospedeiras usuais.

Os principais minerais de zinco são a blenda ou esfalerita (ZnS), willemita (Zn2SiO4), smithsonita (ZnCO3), calamina ou hemimorfita (2ZnO.SiO2.H2O), wurtzita (Zn,Fe)S, franklinita (Zn,Mn)Fe2O4, hidrozincita [2ZnO3.3Zn(OH)2] e zincita (ZnO), com destaque no caso do Brasil para os minérios calamina, willemita e esfalerita.

Descrição dos principais minerais de zinco:

Esfalerita ou blenda (ZnS)

Relacionados

  • introdução a geologia
    2137 palavras | 9 páginas
  • blenda
    1518 palavras | 7 páginas
  • manganes
    1230 palavras | 5 páginas
  • Depósitos
    1458 palavras | 6 páginas
  • Mineral (oxidos)
    1481 palavras | 6 páginas
  • Trabalho sobre minerais de titânio
    4498 palavras | 19 páginas
  • Sistema Ortorrombico
    1102 palavras | 5 páginas
  • Sulfetos e sulfatos
    1414 palavras | 6 páginas
  • Minerais não silicatados
    3316 palavras | 14 páginas
  • Geologia
    4282 palavras | 18 páginas