Minhas Mães e Meu Pai - Uma analise psicologica

1753 palavras 8 páginas
Minhas Mães e Meu Pai (The Kids Are All Right), 2010.

1. Resenha do filme

O filme estadunidense ‘Mães e Meu Pai (The Kids Are All Right)’, dirigido por Lisa Cholodenko, retrata a história de uma família constituída por duas mães, Nic e Jules, e um casal de filhos adolescentes, Joni e Laser.
Nic e Jules são casadas há quase vinte anos, sendo que Nic é uma médica bem sucedida e Jules uma arquiteta que já montou vários negócios que não deram certo - sendo que o seu novo planejamento do momento é ser paisagista. Elas tiveram dois filhos de inseminação artificial, a Joni e o Laser ambos do mesmo doador.
Joni, por já ter dezoito anos, tem o direito, por lei, de solicitar à clínica médica os dados do homem que doou os espermas, caso
…exibir mais conteúdo…
Já que uma família pode ser validada devido a existência de vinculo e afetividade, quando estes são providos de pessoas do mesmo sexo, surge a chamada família homoafetiva, que também é uma instituição dotada de direitos e deveres e conta com a proteção do Estado, da mesma maneira que a família chamada de tradicional heterossexual (homem e mulher).
Essas mudanças na sociedade também podem ser percebidas no setor da reprodução humana, com as novas possibilidades de se ter um filho, como por exemplo a inseminação artificial, cuja biotecnologia fo retratada no filme ‘Minhas mães e meu pai’. Cada uma das mães, Nic e Julie, fazem a inseminação artificial em tempos diferentes, gerando os filhos Joni e Laser com três anos de diferença entre si.
Segundo Sequeira (2007), independentemente da forma com que ocorre o processo de reprodução humana e de como a família é formada, existem regras de filiação que garantem o pertencimento do sujeito ao grupo. Nesse sentido, o papel da família diz respeito ao pertencimento e a filiação.
Considerando a filiação como laço social pelo qual a sociedade inscreve a criança em sua rede simbólica, podemos pensar que a família, atualmente, cerne da vida social, tem como função transmitir os valores daquele grupo. O que sustenta uma pessoa são laços simbólicos, que lhe dão pertencimento, ordenação e valores. O fundamental é a rede

Relacionados

  • 3 Infancia
    3880 palavras | 16 páginas
  • A aquisição da lingua brasileira de sinais (libras) pela familia do surdo
    16685 palavras | 67 páginas
  • momento de diagnostico de deficiencia
    9304 palavras | 38 páginas
  • MARIA DA CONCEIÇÃO EVARISTO: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NEGRA
    2961 palavras | 12 páginas
  • O papel da assistente social na area sociojuridica do processo de adoção por pares homoafetivos
    2620 palavras | 11 páginas
  • Relatório de estágio: dependência química
    5420 palavras | 22 páginas
  • Portflio disciplina PIC
    3556 palavras | 15 páginas
  • Atuação do serviço social no processo de prevenção
    5835 palavras | 24 páginas
  • A participação da família no contexto escolar
    17794 palavras | 72 páginas
  • O FENÔMENO DA SÍNDROME DO NINHO VAZIO E A CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DE VIKTOR EMIL FRANKL PARA ESTE SOFRIMENTO
    13402 palavras | 54 páginas