Minimalismo

1745 palavras 8 páginas
MINIMALISMO

Paulo Alexandre de Almeida Batista

ÍNDICE

ENQUADRAMENTO TEÓRICO

Enraizado no modernismo, o minimalismo surge na arte contemporânea. Situando-se assim na segunda metade do século XX, foi desenvolvida após a segunda guerra mundial, principalmente na arte visual Americana dos anos 60 e princípios dos anos 70.
O minimalismo é interpretado como uma reação contra o expressionismo abstrato e como uma ponte para a prática da arte pós-minimalista. Surge numa altura em que expressividade e exagero formal pós-moderno italiano era discutido com racionalistas do funcionalismo.

INTRODUÇÃO

O termo “minimalismo” designa um movimento artístico e cultural que surgiu nos EUA em 1960 e envolve diversas áreas, o design, a pintura, a arquitetura, a escultura, a poesia e a música. Serviu de influência a designers contemporâneos até ao dia de hoje.
Com este trabalho pretende-se dar a entender a sua utilização na história, contextualizando-o e abordando mais em específico a vertente artística e de design minimalista, com o exemplo de autores expoentes do movimento.

O MINIMALISMO

O minimalismo descreve movimentos em várias formas de arte e design, especialmente a arte visual e a música, em que o trabalho é preparado para expor a essência ou identidade de algo através da eliminação das formas, características e conceitos não essenciais. O minimalismo é assim qualquer projeto ou estilo em que são utilizados os meios mais

Relacionados

  • Minimalismo
    3960 palavras | 16 páginas
  • minimalismo - frank stella
    1333 palavras | 6 páginas
  • Construtivismo, Suprematismo e Minimalismo
    5527 palavras | 23 páginas
  • O minimalismo na literatura.
    954 palavras | 4 páginas
  • Minimalismo e o Design Minimalista
    1313 palavras | 6 páginas
  • Crítica - Artigo minimalismos, abolicionismos e eficientismos: a crise do sistema penal entre a deslegitimação e a expansão.
    862 palavras | 4 páginas
  • Design atitudinal
    2142 palavras | 9 páginas
  • Arte Contemporanea
    1174 palavras | 5 páginas
  • Resumo: arte contemporânea: uma história concisa micheael archer
    1408 palavras | 6 páginas