Mito do progresso

2005 palavras 9 páginas
O MITO DO PROGRESSO
Antes do Iluminismo a ideia de progresso ainda era totalmente radical. As sociedades eram consideradas imutáveis, onde o pensamento era, “não se pode alterar algo divinamente ordenado”.
Então com as grandes navegações e novas descobertas, surgiu a ideia de progresso que viria para justificar, as diferenças culturais. Passou-se então a acreditar que a humanidade havia passado por um estágio não civilizado e gradualmente guiado pela razão, passou para um estágio civilizado Iluminista. As diferenças culturais eram atribuídas aos diversos estágios de progresso moral e intelectual dos povos.
Darwinismo Social: Charles Darwin/ Herbert Spencer
Ou social Darwinismo, é a ideia de se aplicar as ideias do Darwinismo nas
…exibir mais conteúdo…
Essa maneira depende do desenvolvimento das forças produtivas (a força do trabalho humano e os meios de produção, tais como máquinas, ferramentas, etc.) e da forma das relações de produção.
Marx define os seguintes modos de produção dominantes em cada época: o comunismo primitivo; o escravismo na Antiguidade; o feudalismo na Idade Média e o capitalismo na Idade Moderna.
A passagem de um modo de produção a outro, segundo o filósofo, dá-se no momento em que o nível de desenvolvimento das forças produtivasentra em contradição com as relações sociais de produção. Quando isso ocorre, há um sufocamento da produção em virtude da inadequação das relações nas quais ela se dá. Nesse momento, surgem as possibilidades objetivas de transformação desse modo de produção.
De acordo com Marx, caberia à classe social que possui, nesse momento, um caráter revolucionário intervir por meio de ações concretas, práticas, para que

Relacionados

  • Peça teatral - adaptação do mito da caverna
    1712 palavras | 7 páginas
  • Resumo- o mito do desenvolvimento economico
    649 palavras | 3 páginas
  • Analise do texto faxina dos mitos
    901 palavras | 4 páginas
  • Simbologia do mito de narciso
    1443 palavras | 6 páginas
  • Atividades de filosofia- do mito à filosofia
    3280 palavras | 14 páginas
  • Lendas e mitos do folclore brasileiro
    888 palavras | 4 páginas
  • Jean-pierre vernant - do mito à razão
    5260 palavras | 22 páginas
  • A passagem do mito à filosofia
    372 palavras | 2 páginas
  • O Mito Do Rei Midas
    816 palavras | 4 páginas