Moagem

2746 palavras 11 páginas
Moagem em Moinho de Bolas: Estudo de algumas
Variáveis e Otimização Energética do Processo
Manuel Joaquim P.M. Ribeiro e João Carlos Castro Abrantes
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Instituto Politécnico de Viana do Castelo – Portugal e-mail: ribeiro@estg.ipvc.pt
Resumo: A moagem descontínua em moinhos de bolas é um processo de redução granulométrica freqüente na preparação de pastas cerâmicas (porcelana, faiança, grês e terracota) e de vidrados. Habitualmente a sua utilização limita-se à moagem das matérias-primas vulgarmente designadas por não plásticas (ou duras), nomeadamente: areias, calcitas, dolomitas, feldspatos e fritas. Neste trabalho apresenta-se uma série de resultados experimentais que procuram clarificar a
…exibir mais conteúdo…
Em (B) as bolas elevam-se até um ângulo de 45-60º, relativamente à horizontal, e rolam em cascata até à zona inferior do moinho promovendo um bom grau moagem. No entanto, devido à grande quantidade de bolas, a sua queda não é livre e não ocorre para todas ao mesmo tempo: as das camadas mais internas têm menor força centrífuga e caem antes das que se situam nas camadas mais externas. De todos estes movimentos (queda das bolas mais periféricas e rolamento das mais centrais umas sobre as outras) deriva a ação de moagem por choque, esmagamento, corte e atrito dos materiais que se encontram misturados com os corpos moedores3. O material a ser moído deve encher, ou exceder ligeiramente, o espaço vazio entre as bolas.
A quantidade de bolas necessária para uma moagem em condições ótimas é de 50-55% da capacidade líquida do moinho. No entanto essa ocupação de volume não é efetiva, dado os espaços vazios entre as bolas, pelo que o volume real ocupado é de, aproximadamente, 60% desse volume3.
Para o cálculo da quantidade de bolas a usar num moinho pode-se utilizar a seguinte fórmula:
P = Vx db x p x 0,60
Onde:
P: quantidade de bolas (Kg); db: peso específico das bolas (Kg/L);
V: volume útil do moinho (L); p: taxa de ocupação aparente das bolas (0,50 a 0,55);

Procedimento Experimental
Para avaliar a influência da natureza da matéria-prima na evolução da moagem foram realizados vários ensaios, nas mesmas condições de carga do moinho

Relacionados

  • Moagem
    3031 palavras | 13 páginas
  • Desintegração e Moagem
    3773 palavras | 16 páginas
  • Medidas de concentração industrial da moagem de trigo no brasil
    6487 palavras | 26 páginas
  • Extração de caldo de cana
    1869 palavras | 8 páginas
  • Equipamentos de beneficiamento de minérios
    2665 palavras | 11 páginas
  • Trabalho de operações unitárias
    2305 palavras | 10 páginas
  • Modelamento do processo de fabricação de cerveja caseira por uma mini cervejaria automatizada
    1188 palavras | 5 páginas
  • Produção de cimento
    10379 palavras | 42 páginas
  • Relatório Visita ao DEQ - UEM
    3579 palavras | 15 páginas
  • MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
    1931 palavras | 8 páginas